As redes sociais estão apresentando novidades a todo vapor para atrair e fidelizar ainda mais os usuários. Já falamos essa semana da praticidade que o Twitter está oferecendo a empresas através da inserção de botões nas mensagens diretas (DMs), que direcionam para ações em links externos: seguir uma conta, abrir um site ou até mesmo ir de um perfil a outro.

E como o Dig aqui está sempre antenado com as alterações que beneficiem o mercado de marketing, vim trazer a mais nova estratégia do Facebook para “segurar” seus usuários na rede: a introdução de vídeos streaming.

É isso mesmo, a gigante de Mark Zuckerberg quer entrar na disputa pela atenção de quem gosta de séries e filmes. Na verdade, o objetivo é fazer que os usuários passem ainda mais tempo na rede social. O que melhor que uma boa série para garantir isso, não é mesmo?

Segundo o Hollywood Reporter, o primeiro programa a ser disponibilizado é um reality show de resistência chamado “Last State Standing”. Além desse, uma nova temporada da comédia produzia pela MTV, “Loosely Exatly Nicole”, será lançada ineditamente pelo Facebook.

Em breve você poderá ver as séries acima, e as milhares que virão, exibidas através de uma aba de vídeo que ainda não existe na rede social.

social-network-76532_640

Séries Gratuitas no Facebook: Oportunidade para anunciar

A boa notícia para os anunciantes é que o Facebook já divulgou que os anúncios serão a principal forma de remuneração dos vídeos em streaming. O objetivo da empresa é atrair o mercado de publicidade da TV, avaliado em US$ 70 Bilhões, para longe da televisão.

“Para o Facebook, financiar vídeo é uma forma de descobrir seu maior programa de publicidade”, comentou Matthew Segal, CEO da ATTN, uma empresa de mídia digital que publica no Facebook.

A rede social que já acumula mais de 1,6 bilhão de usuários busca alcançar o público dos canais de TV a cabo e dos serviços online com propagandas voltadas para expectadores jovens. Alguns sites, porém, afirmam que os vídeos de streaming do Facebook chegarão a competir com o mais alto nível desse mercado – serviços pagos como Netflix, Amazon Prime Video e HBO.

Serão dois formatos de vídeos originais, um mais curto (entre 5 e 10 minutos), barato e produzido por companhias especializadas em conteúdo para internet, e outro mais longo. Os vídeos mais longos serão as séries tradicionais que conhecemos, produzidas por grandes produtoras.

Séries Gratuitas no Facebook: Demanda crescente

Ao que tudo indica, a novidade pode ser lançada ainda este mês, mas está sendo tratada com bastante discrição. O próprio Facebook não sabe como o novo recurso será recebido pelos usuários.

O fato é que a demanda por vídeos produzidos profissionalmente está crescendo. E como o Facebook já faz um excelente trabalhado com os vídeos produzidos pelos próprios usuários, podemos dizer que já estava na hora de investir em conteúdo original.

Curtiu? A Netflix não, rs. Conta pra gente nos comentários o que achou da novidade do Facebook ! 😉