Não importa se você está começando o seu negócio digital ou acabando de montar um canal no YouTube. Você certamente está na busca de aumentar seu público e conseguir cada vez mais gente comprando seus produtos. Nesta hora, estratégias que ajudam a alavancar as vendas ou até mesmo a audiência são mais do que bem vindas, não é mesmo?

 

Pensar nessas estratégias pode fazer sua cabeça ferver no início, mas calma! Vá até a cozinha, pegue um copo d’água e olhe para sua geladeira que a inspiração para sua estratégia de marketing digital virá através dela.

Mas o que uma geladeira tem a ver com o negócio que você está montando? Como ela pode te ajudar a conseguir mais clientes para sua STARTUP?

 

Eu garanto para você que até o final do texto essas perguntas serão respondidas e você não vai precisar vender sua geladeira para isso, mas vai ter de trocar o Delorean por ela e fazer uma viagem comigo até um passado não tão distante. Vamos lá?

 

DE VOLTA PARA O FUTURO – SUA GELADEIRA É O DELOREAN

 

Viajando no tempo através de sua geladeira, chegamos à uma época em que ela não existia. Neste período, as pessoas bebiam água em temperatura ambiente e ninguém esperava por uma água bem geladinha quando estava urrando de sede. Até que um dia, alguém teve a bendita ideia e criou a geladeira. Um produto inovador e, sem dúvida nenhuma, muito útil. Será mesmo?

 

Estamos lá agora, no ano “mil novecentos e guaraná de rolha” e vamos supor que você precisa vender a bendita geladeira. Como você faz?

 

É aqui que vou te apresentar a técnica que um vendedor bem sagaz usou para inserir a geladeira na vida de algumas pessoas e conseguiu assim seus primeiros clientes. Vou chamar este caro vendedor de Sr. Murilo. Murilo ficou com a missão de vender o mais novo produto do mercado para alguns fazendeiros de sua região. O desafio era grande, vender algo que nunca ninguém tinha usado. Por mais que fosse legal beber água gelada, ninguém jamais teve esta necessidade. Antes de começar a vender esse produto, era preciso gerar esta demanda, gerar o desejo por água gelada, incutir esse hábito na vida da pessoa para ela querer ter uma geladeira. Neste momento, Murilo aplica o Freemium e, ao contrário do que você possa pensar, a origem do nome Freezer não vem do Freemium.

 

WHAT THE FUCK IS FREEMIUM?   

 

o-que-e-freemium

 

Antes de terminar a jornada de nosso amigo Murilo, quero te apresentar o conceito por trás de ofertar produtos grátis e como aplicar uma estratégia desse tipo pode fazer você conseguir mais clientes.

 

A estratégia consiste em oferecer parte de seu produto sem cobrar nada por isso. Ao praticar essa ação, você separa o joio do trigo. Você traz para perto pessoas interessadas no que você está ofertando e tem a chance de estreitar o relacionamento com elas. Estreitando o relacionamento a pessoa já não é mais uma estranha. Melhor que isso, sua empresa já não é mais qualquer uma para essa pessoa. Ela agora é uma empresa conhecida e diferenciada das outras, já que a pessoa faz uso do produto que você ofertou. O canal está aberto e agora você está pronto para promover esse usuário a cliente Premium ofertando produtos e serviços diferenciados que são cobrados à parte.

 

MURILO, A GELADEIRA, O FREEMIUM E O NOVO CLIENTE

 

Voltamos ao nosso amigo Murilo e as 7 geladeiras que ele tem de vender para um mercado que nunca consumiu água gelada.

 

O que ele fez? Chegou para o primeiro fazendeiro, falou sobre o produto e propôs deixar a geladeira com ele por um mês. Sim, sem custo algum! O fazendeiro ficaria com a geladeira, bebendo sua água geladinha durante um mês e no final do mês Murilo voltaria para pegar a mercadoria de volta, caso o fazendeiro não quisesse comprar. Pobre fazendeiro, não sabia que, depois deste tempo todo bebendo água gelada, sua vida nunca mais seria a mesma. Estava consolidado um hábito: O de beber água gelada. O fazendeiro venderia a esposa mas não deixaria Murilo levar a geladeira embora depois do período de teste. Resultado? – Murilo, quanto custa este troço? Me fala que eu pago o preço que for! – Disse o fazendeiro de forma firme e decidida a comprar.

 

como-usar-freemium

 

O exemplo da geladeira está mais para produtos Trial, que vou abordar em outro post, mas a filosofia do grátis está fortemente em evidência nas ofertas Freemium. Ao ofertar o grátis, Sr Murilo abriu o canal com o fazendeiro e qualquer oferta para melhorar a vida do fazendeiro seria muito bem vinda se ofertada por Murilo. Sem contar que este fazendeiro iria espalhar para todos na região o quão bom é beber uma água gelada e ainda poder conservar alguns alimentos nessa novidade. Nesse sentido, a geladeira é um gancho para oferta de inúmeros produtos ligados à ela e foi oferecida em um primeiro momento de forma gratuita. Agora, além da geladeira em si, Sr Murilo pode vender outros produtos para o fazendeiro colocar na sua nova aquisição.

 

3 EMPRESAS QUE USAM E ABUSAM DA ESTRATÉGIA FREEMIUM

 

LINKEDIN

 

No linkedin você tem acesso a inúmeros recursos gratuitos e talvez você nunca nem se ligou que, se pagar para ser premium, você tem acesso a várias informações que podem ser preciosas e estratégicas. Quer um exemplo?

 

Seu perfil é acessado por inúmeros profissionais nesta rede. Com a conta Premium você consegue ver quem acessou de forma ilimitada. É ou não é uma informação preciosa a ponto de pagarem para ser premium e ter acesso a esse recurso?

 

Para instigar sua curiosidade, apelando cruelmente para um gatilho mental poderoso, o linkedIn mostra as últimas 3 pessoas que acessaram seu perfil e, se você quiser descobrir mais, vai ter de coçar o bolso.

 

SPOTIFY  

 

Se você escuta músicas no Spotify, provavelmente começou com uma conta Free. Se esse é seu caso, hora ou outra sua musicoterapia é interrompida por comerciais pra lá de chatos e inconvenientes. (Destaque especial para um cara que já entra gritando com uma voz mais irritante que barulho de motor de dentista.) É isso mesmo! O Spotify te dá uma plataforma de músicas gratuitas e só deixa você escutar o que realmente quer se você pagar. Caso não pague, tem de se contentar a escutar comerciais, músicas sugeridas por eles no meio de sua programação personalizada e, para completar, só pode escutar se estiver conectado. Coisas que usuários Premium não precisam se preocupar. Sacou?  

 

GOOGLE

 

Não poderia deixar esta gigante de fora. O Google, mais do que ninguém, entrega muito valor de forma gratuita. É google docs, google drive, google maps, google earth e quase poderíamos apelidar a febre do momento de Pokemon Google, já que a engine de mapas da gigante está no DNA do jogo. Eu não preciso explicar que o mundo inteiro utiliza os Freemiums do Google, não é? Você já deve saber que a busca, os documentos e toda gama de serviço oferecido pelo Google de forma gratuita tem de ser financiada de alguma forma, afinal, “não existe almoço de graça”.

 

FREEMIUM É TENDÊNCIA E CHEGOU PARA FICAR

 

O modelo Freemium chegou para ficar. Ele é amplamente usado como estratégia de marketing digital e funciona muito bem para uma gama de diferentes produtos e serviços. Olhando para o seu negócio, certamente você irá identificar partes dele que podem ser oferecidas de forma gratuita e gerar muito barulho, fazendo seu produto digital atrair a atenção das pessoas, alavancando a audiência de seus canais na internet e ainda gerando um gancho para vendas recorrentes a estes recém adquiridos clientes.

 

Você quer saber mais sobre como o GRÁTIS pode fazer suas vendas multiplicarem? Felipe Pereira preparou um vídeo na Estante onde fala sobre o livro “Free – O Futuro dos preços”, assista agora!

 


Então, DigaAí nos comentários, agora que você entendeu o conceito, vai usar o freemium em seu negócio? Compartilhe com a gente sua ideia!