Você é a média das 5 pessoas mais próximas a você, já ouviu falar nisso? Hoje vim falar sobre isso e responder ao Adriano, que enviou um e-mail um dia desses dizendo:

 

Sabe do que eu sinto falta mesmo? Do que você disse em sua última dica “faça parte de um grupo seleto de pessoas com um objetivo em comum”.Sinto que não tenho com quem conversar.

 

Mas antes de responder diretamente ao Adriano, quero falar mais sobre esse lance de sermos a média das 5 pessoas mais próximas. Só pra esclarecer, isso não é necessariamente uma regra científica com precisão matemática, mas há uma forte tendência a isso…

 

Em geral, trabalhamos a quantidade de horas média das nossas 5 pessoas mais próximas. Em geral, temos a mesma qualidade de vida das 5 pessoas mais próximas a nós. Em geral, ganhamos a média das nossas 5 pessoas mais próximas. E por aí vai…

 

E você sabe por que isso acontece? Por que somos muito influenciados por quem está perto de nós.

 

Vamos tomar como exemplo a alimentação… Você sai para um restaurante ou barzinho com seus amigos, e você faz isso normalmente com as pessoas mais próximas. Se seus amigos mais próximos forem vegetarianos, é provável que vocês optem por um ambiente com esse tipo de alimentação. Se eles gostarem de muita massa, a mesma coisa. E isso vai influenciando sua vida ao longo do tempo.

 

Nos negócios, a mesma coisa…

 

Vamos imaginar 2 pessoas, o Daniel e o Paulo. Eles não se conhecem, mas descobrem o marketing digital na mesma época e decidem empreender nessa área. Os amigos mais próximos de Daniel também são empreendedores e têm sucesso nessa atividade. Os amigos mais próximos de Paulo são funcionários públicos ou trabalham em empresas privadas e não entendem esse mundo.

 

Sempre que sai com seus amigos, Daniel ouve vários relatos de sucesso e descobre estratégias e técnicas de quem está colocando em prática e tendo resultados. Paulo, por outro lado, não “é compreendido”. Seus amigos e familiares não são empreendedores, não entendem nada de empreendedorismo e acham que ele ficou maluco. Quando ele compartilha suas metas (que são altas), eles mandam ele ter o pé no chão, que isso é ilusão, que ele deveria fazer um concurso e por aí vai (e não é maldade, eles estão realmente preocupados com Paulo)…

 

Um ano depois, quem você acha que está faturando mais com seu negócio: Daniel ou Paulo?

 

Por conta disso, é importante estar junto com quem pensa igual a nós, para que as influências sejam positivas e possamos alcançar os resultados que queremos. E hoje quero destacar 3 formas de fazer isso e as vantagens e desvantagens de cada uma…

 

 

Opção 1) Criar ou entrar num Grupo Informal

 

A primeira das formas de estar com pessoas que pensam como nós é criar ou entrar em um grupo informal no Facebook, no Whatsapp ou ainda presencial. Você pode buscar essas pessoas entre seus próprios amigos ou de repente colegas que fizeram algum curso com você. As principais vantagens dessa alternativa é que ela não possui barreiras pra criação e nem requer investimento financeiro.

 

 

 

 

Em contrapartida, pode ser difícil encontrar as pessoas certas e é difícil manter a motivação do grupo ao longo do tempo. Talvez você já tenha passado por isso: ingressa em um grupo que foi criado com determinado objetivo e começa a participar.

 

No início, as discussões são ótimas e todos contribuem bastante. Com o tempo, o negócio vai esfriando, a interação cai e depois o grupo não funciona mais…

 

 

Opção 2) Ingressar em um MasterMind

 

 

 

 

Um MasterMind é um grupo de pessoas que têm um objetivo comum e se apoiam na busca desse objetivo. Ao contrário dos grupos informais, o MasterMind normalmente tem alguma liderança, que seleciona os participantes.

 

E isso garante a qualidade do grupo, selecionando apenas quem tem algo de concreto para contribuir para o MasterMind.

 

Essa liderança também faz a mediação da interação do grupo, o que mantém o grau de interação, evitando que o grupo morra.

 

Uma desvantagem dessa opção é que normalmente há um alto investimento financeiro a ser feito. Os maiores MasterMinds aqui do Brasil, por exemplo, exigem investimentos que podem chegar a R$ 110 mil por ano.

 

Outra dificuldade é o processo seletivo. A principal contribuição do MasterMind vem do grupo em si, não apenas do “cabeça”. Por conta disso, há um rigoroso processo seletivo para garantir que todos os participantes tenham um bom nível e tenham competências diferentes que possam agregar por grupo. Inclusive, é importante ter atenção com MasterMinds que não tenham um processo seletivo rigoroso pra entrar, pois não há como garantir a qualidade dos membros.

 

 

Opção 3) Participar de uma Mentoria

 

A terceira forma de estar junto a pessoas selecionadas é através de uma mentoria. Um mentor é alguém que conseguiu chegar onde você gostaria de chegar e que serve de referência pra você.

 

Pode ser tanto alguém próximo que lhe orienta diretamente quanto alguém um pouco mais distante que lhe inspira sem que ele ao menos saiba disso. E pode ocorrer tanto de forma individual quanto em grupo.

 

 

 

 

A principal vantagem da mentoria é que você consegue aproveitar toda a experiência de alguém que alcançou os resultados que você quer. O mentor vai te passar os insights mais relevantes pra ele, as fichas que caíram na vida dele e lhe deram ganhos de performance.

 

Você não precisará “perder” todo o tempo que ele perdeu para chegar até onde está, ele pode te dar os atalhos pra isso. Com relação aos recursos financeiros, essa é uma alternativa intermediária, com investimento maior que os grupos informais e menor que os grupos de MasterMind.

 

Como desvantagem, vejo a dificuldade de encontrar o mentor certo que esteja disponível a compartilhar. Normalmente, eles estão muito dedicados a seus próprios negócios…

 

 

Qual alternativa escolher?

 

Se você quer mudar qualquer área da sua vida (saúde, dinheiro, carreira, negócios), junte-se às pessoas certas, inspire-as e deixe-se inspirar por elas.

 

Pra mim, essas são as 3 principais alternativas pra subir a média das 5 pessoas mais próximas e alcançar os resultados que você deseja. Só você pode dizer qual a melhor alternativa pra você.

 

Talvez você tenha muito a contribuir em uma área de conhecimento específica e tenha os recursos financeiros pra ingressar em um MasterMind. Talvez você deseje fazer um investimento menor e contratar a mentoria de alguém que você admire e que possa te ajudar. Talvez você ainda esteja em dúvidas sobre seus objetivos ou não tenha recursos financeiros disponíveis e deseje começar com grupos informais. O importante é tomar uma decisão e seguir em frente.

 

Se você está lendo este artigo entre os dias 17 e 21 de dezembro, estou com inscrições abertas para meu Grupo de Mentoria. É um grupo seleto e restrito de empresários, profissionais e empreendedores com o qual compartilho meus maiores insights para que possam alcançar o sucesso na internet.

 

Como acompanho individualmente cada um, há um número reduzido de vagas. Caso tenha interesse em concorrer a uma delas, clique aqui.