Todos nós sabemos que um bom planejamento pode nos ajudar a conquistar nossos sonhos e atingir nossos objetivos. No entanto, nós sabemos também que essa é uma das maiores dificuldades de todo empreendedor, não é mesmo?
 
E se você conseguisse planejar o ano de 2016 do seu negócio de uma forma mais simples e fácil?
 
Leia este post até o fim e conheça a ferramenta do SEBRAE que pode te ajudar nisso.
 
 

Mari, antes de tudo, por que planejar?

 

Muitas vezes, quando vamos iniciar um negócio ou projeto, pela ansiedade e vontade de que tudo aconteça rapidamente, esquecemos (ou deixamos de lado mesmo) um ponto muito importante: o planejamento
 
Segundo Iran Barros, consultor empresarial, muitas vezes as empresas nascem com propósitos não muito claros. Algumas vezes, nascem da vontade e sonho de seus fundadores, e nem sempre isso está alinhado à realidade e necessidades do mercado, sendo esse um dos principais motivos da morte prematura de empresas.
 
Isso pode ser minimizado com um bom planejamento, pois, quando fazemos o planejamento da nossa empresa, somos levados a pensar mais em seus objetivos, propósitos futuros, possibilidades de crescimento, mercado atual e, até mesmo, nos nossos objetivos. Sendo assim, ao terminar o planejamento, conseguimos ter uma visão mais clara das nossas reais possibilidades e do tempo que levaremos para chegar a cada um dos objetivos selecionados.
 
Um outro ponto importante é que, por mais que o planejamento leve um certo tempo, esforço e até custo (a “desculpa” utilizada pela maioria das pessoas que não o fazem), tudo isso será recompensado por nos ajudar a evitar erros futuros e economizar muito tempo e recurso.
 

Outro ponto muito legal a se pensar é que, não é porque você fez todo o planejamento hoje, que isso não possa ser mudado com o andar da “carruagem”, isto é, com o passar do tempo. O planejamento deve ser sempre acompanhado até a conquista dos objetivos e, caso necessário, podem ser feitas alterações.
 
 

E como fazer o meu planejamento de uma forma fácil?

 

É aqui que o SEBRAE entra para te ajudar!
 

Como você já deve saber, o SEBRAE é o SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO e PEQUENAS EMPRESAS. É uma entidade privada e sem fins lucrativos criada para apoiar pequenos negócios de todo o país através de capacitação e promoção do desenvolvimento. Ele tem capacitações presenciais e online, além de disponibilizar vários artigos e ferramentas para empreendedores. E é de uma dessas ferramentas que vamos falar: o Planeja Fácil.
 
Planeja Fácil é uma forma simples (e fácil, rsrs) de você iniciar o planejamento da sua empresa ou projeto. Podemos dizer que ele é meio que um “guia” de ações para conquistar seus objetivos.
 
 
Planeja Fácil SEBRAE
 
 
Ele foi desenvolvido pelo Sebrae SP e é um quadro de apoio ao planejamento, isto é, nele estão todos os tópicos que não podem faltar para um bom planejamento empresarial. Outra coisa muito legal é que ele é dividido em 3 etapas: levantamento de informações e priorização, objetivos e decisões e, por último, as ações.
O Planeja Fácil é guiado por esses 7 blocos:
 

1. Eu observo

 
Este é o bloco no qual você vai parar e observar o cenário em que está inserido. Você deve identificar o que ajuda ou atrapalha sua empresa, isto é, os fatores internos e externos do seu negócio. Em “fatores externos”, considere tecnologia, legislação, concorrência, tendências, mercado, comportamento do consumidor, inovação, etc.
 
O que influencia direta ou indiretamente o seu empreendimento? Quais são as informações mais relevantes? Quem é sua concorrência e o que ela faz? Quais as ameaças e oportunidades de melhoria? Quais são seus pontos fortes e fracos?

 

2. Eu priorizo

 
Baseado nos aspectos do bloco “Eu observo“, neste ponto você vai priorizar algumas de suas ideias e escolher quais serão seus objetivos específicos. Lembre-se que os objetivos precisam ser mensuráveis, isto é: deve haver um indicador para você saber se ele foi ou não atingido. É importante também, que esses objetivos sejam relevantes para o seu projeto, isto é, devem contribuir para o seu crescimento e fortalecimento.
 

3. Eu decido

 
Neste ponto, você vai decidir qual é o seu principal objetivo. Por mais que você tenha listado vários objetivos no bloco “Eu priorizo“, neste bloco, você vai trabalhar somente com um objetivo de cada vez.
 

4. Eu planejo

 
A partir do objetivo escolhido no bloco “Eu decido“, neste momento você vai planejar o que será feito, por meio da organização e avaliação das suas possíveis ações e, também, dos recursos necessários. Ao finalizar esse quadro, você terá uma visão muito clara de suas ações, recursos (materiais e humanos), tempo e custo.
 

5. Eu faço

 
Agora que você já planejou o que precisa fazer para alcançar o seu objetivo, é hora de botar a mão na massa e partir para o plano de ação, respondendo às seguintes perguntas:
 
– O que exatamente deve ser feito?
– Por que fazer isso?
– Quando iniciar e terminar?
– Quanto vai custar?
– Como será realizado?
– Quem é o responsável pela ação?
– Onde será realizado?
 

6. Eu acompanho

 
Agora que está tudo definido, neste bloco você vai acompanhar todas as tarefas, mês a mês, de forma simples e clara, definindo qual o indicador de conclusão para cada tarefa e, depois, atualizando com o andamento das suas ações, isto é: qual era o objetivo previsto e qual foi o alcançado.
 

7. Eu aprendo

 
Aqui você vai anotar tudo o que você aprendeu com esse planejamento para que possa utilizar esses aprendizados em outros momentos também.
 

Banco de ideias

 
Esse é um bloco adicional que você pode utilizar para colocar as ações que você não utilizou neste momento, mas que podem ser utilizadas no futuro.
 
 

Para concluir…

 
Ah! Antes que eu me esqueça, o Planeja Fácil está disponível na versão ONLINE a na versão IMPRESSA. Na versão online você consegue fazer tudo isso no próprio computador de uma forma bem simples. Escolha qual prefere utilizar e… mãos à obra!
 
Ao montar o quadro, você vai começar a olhar para dentro e para fora de seu projeto/negócio e começará a definir os objetivos que quer alcançar. Uma sugestão é que você utilize cores para diferenciar alguns pontos do quadro, como por exemplo: verde para as coisas positivas, amarelo para o que precisa de mais atenção e vermelho para pontos de atenção/negativos. É legal também, na versão impressa, você utilizar post its coloridos para diferenciar as ações.
Assista ao vídeo explicativo da ferramenta:
 
 

 
 

Agora me conta, o que você achou dessa forma para planejar o próximo ano do seu negócio? Já tinha ouvido falar? Já fez? Como foi? Teve alguma dificuldade? Ficarei muito feliz em receber suas respostas!
 

Um beijo e até a próxima!