Se a empresa que você trabalha tem alguma presença na web é muito provável que possua um bom banco de e-mails, e provavelmente está enviando toneladas de e-mail de transação para o seus clientes todos os dias.

 

Esses e-mails – e-mails de boas-vindas, redefinições de senha, confirmações de pedidos e todos os outros – são normalmente controlados pela equipe de desenvolvimento, e normalmente eles entregam uma experiência pobre ao cliente, levando por água abaixo muitos esforços da equipe de marketing.

 

 

Você já havia parado para pensar sobre isso?

 

Como profissional de marketing estamos perdendo uma grande oportunidade para gerar receita para a empresa. Pesquisas mostram que os e-mail de notificação convertem 8x mais que e-mails marketing normais. Vamos aprender a aproveitar essa oportunidade, otimizar nossos e-mails e fazer a empresa crescer.

 

 

Então o que é e-mail de transação?

 

E-mails de transações são e-mails automatizados pelo sistema e enviados para o usuário por um aplicativo ou pelo site da empresa com base na atividade do usuário. Como clientes, nós interagir com esses e-mails quase que diariamente: redefinindo senhas, confirmando pedidos, detalhes do login, avisos de entrega, confirmações de voo, e todo tipo de informação que precisamos de um sistema.

 

Como são e-mails solicitados pelo usuário, e que entregam uma informação de alta relevância, esses e-mails tem um engajamento altíssimo.

 

Faz muito sentido. Basta pensar sobre a última vez que você recebeu uma confirmação de voo: você provavelmente não descartou o e-mail e reabriu ele diversas vezes antes do voo, e pode até ter impresso ou enviou para amigos e familiares.

 

Agora que você prestou atenção na importância nos e-mails de notificação, não parece errado um e-mail com tanto alcance ser entregue ao cliente como um texto simples e com pouca semelhança com o site, aplicativo ou empresa de onde veio? Em geral quem controla esses e-mails nas empresas é a equipe de TI, o que torna um pouco mais complicado para a equipe de marketing acompanhar e editar regularmente essa comunicação, e, como resultado, a maioria dos e-mails de transação falta o branding, o marketing e o design de interação que outros meios de comunicação da empresa entregam ao cliente, isso cria uma experiência de marca inconsistente.

 

Observado os altos níveis de relevância e taxas de abertura e engajamento fenomenais, existe uma enorme oportunidade para o marketing inovar e tomar posse desses e-mails e otimizá-los para ajudar a conduzir as pessoas de volta para o site ou aplicativo e comprar mais.

Vamos otimizar os cinco tipos de e-mails de transações mais comuns:

 

 

1. E-mail de registro

 

Um e-mail de registro é enviado quando um usuário cria uma conta em seu site. Normalmente enviamos um e-mail de boas-vindas para os novos usuários. Quando temos um novo registo e enviamos um e-mail de boas-vindas é bom manter essas práticas em mente: dar às pessoas as suas credenciais (login e senha). Algumas pesquisas mostram que a maioria das pessoas têm inúmeros logins e senhas que eles precisam para se lembrar, e a grande maioria não consegue se lembrar de todas suas senhas. Então, para ajudar essas pessoas, certifique-se de incluir informações sobre como eles podem entrar para a sua conta, como sua URL de login e nome de usuário. Isso significa que eles iram manter o e-mail para não perder os detalhes da sua conta.

 

Uma dica de como aproveitar essa comunicação no marketing, use o e-mail de registro para fornecer links para vídeos, artigos e tutoriais que podem usar para conhecerem melhor o seu produto e começar a usá-lo. Isso pode ajudar a aumentar o número de pessoas que você converter em clientes pagantes e ajudar a crescer o seu negócio.

 

 

2. E-mails de notificação

 

Um e-mail de notificação alerta o usuário quando uma ação ou evento relevante ocorre em seu site. Um exemplo comum são as as notificações do Facebook avisando que você foi marcado em uma foto, que o pedido foi enviado, ou o líder de todos os e-mails de transação: a redefinição de senha.

 

Quando o usuário solicita uma nova senha ele quer isso rápido, então deixar esse e-mail complexo não é uma boa ideia. Um e-mail de redefinição ideal entregar o que o usuário precisa de um modo claro. Pode ser um botão vermelho gigante escrito – “redefinir minha senha” – e deixar que este seja o ponto focal do e-mail.

 

Ao enviar um e-mail de redefinição de senha e outros tipos de e-mails de notificação, leve em consideração as seguintes dicas:

 

Incluir informações personalizadas e relevantes, tornando-o mais útil possível, certifique-se de incluir todas as informações relevantes sobre o evento que você está notificando. Fornecer um próximo passo, lembre-se que os e-mails de notificação são uma ótima maneira de conduzir as pessoas de volta para o seu site, por isso fornecer um próximo passo claro para o cliente é um ótimo modo de levá-lo de volta ao site e aumentar a possibilidade de interação e conversão.

 

Alinhe seus e-mails com a sua marca, e-mails de notificação muitas vezes será o modo mais frequente de contato que você terá com seus clientes. Devido a isso, você precisa ter certeza de que eles estão alinhados com cores, fontes e tom de sua marca para garantir que os clientes tenham uma experiência consistente com a sua organização em cada ponto de contato.

 

 

3. E-mails de confirmação

 

Um e-mail de confirmação foi designado para notificar o usuário sobre uma ação específica. Por exemplo um recibo de uma compra on-line, uma confirmação de uma reserva de um quarto de hotel ou qualquer interação que precise de um retorno de resposta a uma ação.

 

Ao otimizar-mails de confirmação para a sua empresa, é bom usar algumas dessas práticas:

 

Otimize para Mobile – hoje quase ninguém mais imprime seus bilhetes de confirmação, ao invés disso salvamos os e-mails na caixa de entrada e consultamos pelo celular toda vez que necessário. Forneça recursos úteis – sendo essa uma transação positiva com a sua marca é um ótimo momento para direcioná-lo para outros recursos complementares, como informações sobre outros produtos relacionados.

 

Utilize uma compra de referência – é um bom momento para pedir referências ou indicar um programa tipo “Indique um Amigo” para que ele compartilhe a sua compra e ganhe algo em troca.

 

 

4. E-mail de feedback

 

Enquanto a maioria dos e-mails de transações fornece informações para os destinatários, um e-mail de resposta solicita algum tipo de feedback sobre uma transação recente que teve com a sua organização.

 

Ao otimizar e-mails de feedback certifique-se de incorporar algumas dessas dicas:

 

Fornecer contexto – é importante fornecer informações sobre o que você está solicitando comentários, especialmente se o seu e-mail de resposta vem de algum tempo após a operação inicial. Utilize uma chamada de destaque para um botão de ação, é comprovada a eficiência de tal artifício.

 

Criar uma experiência de feedback – observe se o ciclo de feedback é fácil para os seus consumidores. Insira o link para a resposta de forma destacada no e-mail e não complique o e-mail com outras mensagens ou ações.

 

 

5. Abandono de carrinho

 

Um e-mail é enviado para as pessoa que já interagiram com o seu site, mas não completou a transação de compra. Esta é uma excelente oportunidade de venda, lembrando o clientes para revisitar seu site e completar a transação.

 

O e-mail é particularmente eficaz porque ele é enviado apenas algumas horas depois que o usuário abandona seu carrinho de compras. Ele também fornece contexto útil lembrando ao usuário exatamente o que ele deixou no carrinho e sugerir o que está faltando.

 

Ao otimizar e-mails de abandono considere:

 

Fazer uma oferta – se você está chegando a um usuário que desistiu da compra, a pessoa desistiu por algum motivo, e temos que dar uma boa razão para que ela volte para aonde parou, com a inclusão de uma oferta como um teste gratuito 15 dias ou 10% em sua próxima compra. Você pode incentivar as pessoas a voltarem para o seu site e envolvê-la novamente.

 

Incluir uma apelo à ação claro – a fim de levar as pessoas ao clique final e voltarem a se envolver com o produto, você precisa incluir uma chamada à ação de destaque e não deixar dúvidas quanto ao que deve ser feito em seguida.

 

Ser oportuno – seja cuidadoso sobre quando você enviar o e-mail. Se você é uma empresa de software ou prestar um serviço, você pode querer esperar uma semana antes de enviar o e-mail para não correr o risco de parecer agressivo e invasivo – o cliente pode se sentir monitorado.

 

Você já tem as ferramentas e agora tem a informação em suas mãos para sair na frente da concorrência, cada e-mail de transação é uma oportunidade de interagir conscientemente fortificando a marca, e criando links para vendas.

 

Deixa nos comentários o que você achou do texto.

 

 

Quer saber mais sobre como utilizar o e-mail marketing para ampliar os seus resultados? Clique aqui.