O marketing de conteúdo tem se tornado o coração do marketing digital  (nós já abordamos esse tema aqui) e surgiu como alternativa para a publicidade massificada e exaustiva. O conteúdo produzido pelas marcas tem um objetivo claro: atrair um visitante e transformá-lo em cliente e divulgador do seu produto/serviço. Isso só acontece a partir do momento que a marca entrega valor ao cliente através de conteúdo personalizado, útil e bem feito.

 

Dentre as várias ferramentas para levar conteúdo até o seu consumidor, como por exemplo, infográficos, blogs, ebooks, etc, o vídeo marketing é o que tem causado mais impacto nos consumidores. Segundo Joe Pulizzi, o fundador do Instituto de Marketing de Conteúdo, o vídeo marketing é a ferramenta que mais tem crescido e se destacado no setor de conteúdo. Mas porquê?

 

– 90% dos usuários dizem que assistir a um vídeo do produto ajuda na tomada de decisão de compra (fonte);

 

– 50% dos usuários assistem vídeos relacionados com produtos no YouTube uma vez por semana (fonte);
– Segundo a pesquisa da Forrester, o valor de um minuto de vídeo é de 1,8 milhões de palavras (fonte);

 

Após esses dados, certamente você compreende porque as grandes marcas tem investido tanto em vídeo marketing. Contudo, isso não precisa ser um privilégio apenas dos grandes. Para produzir um vídeo de sucesso, é preciso mais um objetivo claro e uma boa história do que orçamentos astronômicos.

 

As autoras Sonja Jefferson e Sharon Tanton no seu livro Valuable Content Marketing  criaram um “Checklist de um vídeo marketing de grande valor” para pequenas e médias empresas. Confira abaixo:

 

#Ckeck 1: Faça algo relevante

Antes de tudo se pergunte três questões: Qual pergunta esse filme está respondendo? Que história ele está contando? Como ele está ajudando meus clientes?

 

#Check 2: Seja curto e vá direto ao ponto

 

Escolha um ponto a ser abordado e cumpra-o. Melhor fazer cinco vídeos curtos e sucintos do que um um longo e desconexo.

 

#Check 3: Tenha certeza que as pessoas podem ouvi-lo

 

Um áudio instável ou ruim é um verdadeiro motivo de fuga para seu consumidor. Invista em um microfone decente ou contrate uma equipe profissional para produzir seu áudio.

 

#Check 4: Pense na iluminação

 

Se você não tiver um kit de iluminação, posicione a pessoa perto da melhor fonte de luz disponível. Se você está filmando em um lugar com uma janela, fique de costas para ela para evitar o “efeito silhueta” que ocorre quando a pessoa ou objetivo é posicionado entre a câmera e a luz solar.

 

Check 5: Produza uma imagem firme

 

Use um tripé se o seu filme for estático, mas se ele tiver qualquer movimento, o cuidado deve ser redobrado para que a imagem fique nítida e firme.

 

Check 6: Verifique se ele funciona antes de compartilhar

 

Certifique-se que vídeo pode ser  visto tanto em um PC  quanto em um smartphone. Links com defeito causam grande frustração nos consumidores. Por isso, sempre teste antes de espalhar seu vídeo nas mídias sociais.

 

Se você quer saber mais informações sobre equipamentos para filmar, leia esse post sobre quais tipos de câmera gravam vídeos. 

 

As dicas foram úteis para você? Faça o teste e nos conte como foi o resultado!