O Marketing evoluiu muito ao longo dos anos. Estamos numa era de sobrecarga de informação em que só prestamos atenção ao que nos interessa de verdade. Então, como chamar atenção do público, conquistar e engajar de maneira efetiva e eficaz?

 

O comportamento do consumidor mudou e as empresas precisam se adaptar aos novos tempos. As estratégias convencionais de marketing já não estão funcionando como antes.

 

Phillip Kotler, em seu livro Marketing 3.0 explica as três fases do Marketing 1.0, 2.0 e 3.0, que resumo aqui:

 

Marketing 1.0:  O objetivo era simplesmente vender produtos. Fase centrada no produto.

 

Marketing 2.0:  Objetivo de satisfazer e reter consumidores. Surgiu na atual era da informação. Com consumidores mais bem informados, o valor do produto é definido pelo cliente. Os profissionais de marketing tem de chegar ao coração e mente do consumidor. A abordagem centrada no consumidor pressupõe implicitamente que os clientes sejam alvo passivo das campanhas de marketing.

 

Marketing 3.0: Estamos testemunhando o surgimento da era voltada para os valores, onde o objetivo é fazer do mundo um lugar melhor. Em vez de tratar as pessoas simplesmente como consumidoras, os profissionais de marketing devem tratá-las como seres humanos plenos: com mente, coração e espírito. As empresas precisam colaborar com os consumidores.

 

Essa visão de Kotler nos faz refletir que hoje não dá mais para forçar alguém a prestar atenção ao que não for útil e relevante do ponto de vista dele – seu público-alvo. É necessário chegar ao coração do consumidor, considerar suas emoções e preocupações.

 

Nesse cenário, será que vale a pena investir somente em propagandas e coisas que interrompem e não interessam ao cliente? Ou seria melhor aumentar/melhorar o valor percebido pelo público com relação a seu produto ou serviço, colaborando para melhorar o mundo dele?

 

O ativo de marketing mais valioso hoje é a atenção do consumidor. E para conseguir essa atenção, você pode usar e abusar da Estratégia de Marketing de Conteúdo. Bem feita, essa estratégia vai aproximar clientes em potencial, dando algo que eles considerem valioso. Isso vai fazer com que eles voltem querendo mais.

 

Como fazer

 

Temos a faca e o queijo na mão para nos comunicar diretamente com nossos atuais ou potenciais clientes através de blogs e outras mídias digitais.

 

O Henrique Carvalho, do Viver de Blog, publicou um infográfico sobre o assunto em que destaca dados a respeito do comportamento do consumidor online, no momento em que ele precisa descobrir ou saber mais sobre algum produto ou serviço:

 

  • 68% dos consumidores vão às redes sociais para lerem publicações sobre produtos.

 

  • 93% das experiências online começam com uma ferramenta de busca.

 

  • 75% das buscas não passam da primeira página de resultados.

 

Content Marketing

© Doug Ross/ImageZoo/Corbis

 

Se você produzir um bom conteúdo, as pessoas interessadas chegarão até você. Se o seu conteúdo for excelente, os clientes vão compartilhar e ainda ajudar a espalhar a sua mensagem.

 

Em suas dicas para webmasters, o próprio Google diz que  um elemento fundamental na criação de um site bem-sucedido não é se preocupar somente com algoritmos ou sinais de classificação, mas se concentrar em fornecer a melhor experiência possível para o usuário por meio da criação de conteúdo que outros sites vincularão naturalmente, só porque ele é ótimo.

 

Nesse cenário, o grande desafio é descobrir maneiras eficientes para despertar o interesse, envolver e conduzir o público a uma ação. Para isso, é necessário conhecê-lo e ouvi-lo muito bem. As redes sociais podem ajudar muito nessa interação e descobertas. Os blogs também são excelentes, além de e-books, white papers, estudos, webinars, entre outros.

 

É fundamental ter em mente que somente a produção de um conteúdo útil, relevante e constante vai gerar ganhos significativos como: aumento de tráfego, geração de leads, conversão e engajamento. Muito importante também é privilegiar a qualidade do conteúdo sobre a quantidade, pois cada vez mais as buscas determinam que conteúdo relevante é o que importa.

 

O Marketing de Conteúdo é o coração do Marketing Digital. Investir de forma correta e constante nessa ferramenta ou estratégia pode gerar resultados muito significativos.

 

E você, o que  tem feito nesse sentido? Gostaria de saber mais especificamente sobre o assunto? O que você gostaria de saber mais? Deixe sua resposta aqui nos comentários.