Facebook está completando 10 aninhos!   Quem aí acompanhou esta curioso para saber como foi toda esta trajetória? Pois é, desde 2004 que a rede social que virou febre em vários países está na ativa! Mas você conhece toda a história por trás desse sucesso? E os momentos mais importantes  que foram acontecendo ano a ano e transformaram no que é hoje? O Digaí resolveu contar esta história.   Vamos conferir?

 

2004 – Criação do Facebook

O ” The Facebook” foi criado por Mark Zuckerburg, Dustin Moskovitz, Eduardo Saverin (brasileiro) e Chris Hughes, ex-alunos de Havard. Os então estudantes desenvolveram o Facebook em fevereiro de 2004. Em dezembro já contavam com um milhão de usuários.

 

2005 – Compra do Domínio Facebook.com

Em maio de 2005, o Facebook recebeu da Accel Partners um valor de R$ 12,8 milhões de capital. E comprou o domínio facebook.com da Aboutface por US$200.000,00 e descarta definitivamente o “The” de seu nome.

 

2006 – Lançamento do Feed de Notícias

Em 25 de junho, novos recursos foram adicionados ao site para potencialmente conseguir mais receita. Foi feita uma promoção em parceria com a iTunes Store onde membros da Apple Students iriam receber gratuitamente 25 músicas de amostra em vários gêneros musicais por semana até 30 de setembro. No mesmo ano, o Facebook lança também um novo feed de notícias.

 

2007 – Criação do Facebook Ads

Em maio de 2007, o Facebook anuncia um plano para classificados grátis em seu website, o marketplace. Em 7 de novembro de 2007, o Facebook anuncia o Facebook Ads, uma iniciativa de marketing que inclui um sistema de sites parceiros para permitir aos usuários compartilhar informações sobre suas atividades neles com amigos no Facebook (Facebook Beacon); a possibilidade de empresas hospedarem páginas no Facebook de várias marcas, produtos e serviços (Facebook Pages); um sistema de veiculação de anúncios baseado no perfil do usuário e de seus amigos e em dados de atividade (Facebook Social Ads); e um serviço de fornecimento de publicidade com empresas fornecendo dados analíticos incluindo métricas de desempenho (Facebook Insights).

 

2008 – Criação do Chat

É criado em abril deste ano o chat do Facebook, onde as pessoas poderiam conversar em tempo real como em um bate papo. Fazendo com que vários concorrentes caiam no esquecimento das pessoas.

 

2009 –  Criação do “Like” e nome de usuário em URL

Em 13 de junho de 2009, o Facebook introduziu o recurso “Nome de usuário” em que o as páginas podem ser acessadas em URLs mais simples escolhidas pelo próprio usuário, como por exemplo, https://www.facebook.com/username  em vez de https://www.facebook.com/profile.php?id=20531316728.  Facilitando as buscas por perfis de amigos. No mesmo ano foi criado o “like”, onde as pessoas podem curtir posts de amigos.

 

2010 – Entra em cena o Check In

O Facebook cria o “Facebook Places”, permitindo as pessoas a fazer o check in de onde estão em seus posts ou fotos.

 

2011 – O Calendário Surge

Em Fevereiro de 2011, o Facebook criou o aplicativo Calendário para marcar eventos, permitindo a extração de dados para usuários dos próprio calendário ou aplicativos de mapeamento. E em 14 de setembro de 2011, é lançado um botão Assinar. O recurso permite aos usuários acompanhar as atualizações públicas de seus amigos.

 

2012 – O Facebook torna-se a maior rede social da América Latina e é criada a linha do tempo para Fanpages

No início de 2012, o Facebook se tornou a maior rede social no Brasil e na América Latina, ultrapassando o Orkut, Tumblr e o Twitter. Durante o mês de dezembro de 2011, segundo dados da comScore divulgados em janeiro. Pesquisa da companhia mostrou que a rede fundada por Mark Zuckerberg atraiu 36,1 milhões de visitantes durante o período, superando os 34,4 milhões registrados pela rede social do Google.   No mesmo ano no dia, 29 de fevereiro, o Facebook lança a linha do tempo também para Fan Pages. O que facilitou o trabalho de muitas empresas em expor seus produtos na rede.

 

2013 – Mudanças na linha do tempo: novo design permite mais informações no status

Em março de 2013 o Facebook anunciou mudanças em sua Linha do Tempo dos usuários. O novo design adiciona livros que o usuário leu ou gosta, filmes, músicas, como está se sentindo, comendo viajando entre outros.   Porém, neste mesmo ano, o Facebook admitiu uma queda em acessos diários em seu site, principalmente dos adolescentes e jovens. Conforme este post do Digaí explica com mais detalhes. Existem ainda projeções que mostram que o site futuramente irá perder 80% de seus usuários cadastrados.  Veja a resposta de Zuckerberg a esta informação aqui.   E em 2014? O que será que o Facebook irá nos proporcionar? Seu crescimento irá continuar? Ou as previsões que falam que o mesmo não terá muito tempo de vida irá se concretizar?   O que você acha? Divida sua opinião com a gente.