O pessoal do Digaí já postou suas previsões para o Marketing digital em 2014. Mas o que será que os “gurus” das redes sociais acham que esse ano nos trará? Em um artigo publicado originalmente em inglês pelo Economic Times, Brian Boland, vice-presidente de marketing do Facebook, sobre as tendências de Marketing Digital para 2014. Ele faz as suas previsões para este ano que acaba de chegar e mostra como nós podemos tirar proveito disso.

O Digaí fez um resumo das melhores dicas dele pra você.

 

Facebook e sua estratégia

 

 

 

 1) O termo “mídia social” será usado cada vez menos

 

Com a adoção crescente de plataformas sociais chegamos a um ponto em que já podemos considerar a publicidade para Internet como veículo de massa. Por isso o termo “mídia social” deve desaparecer lentamente à medida que o papel das plataformas digitais constantemente se transforma em uma forma mais impactante de envolver com as pessoas na consolidação dos objetivos centrais dos anunciantes, assim como já ocorre com lojas físicas ou vendas online.

 

 2) Todo horário é horário nobre

 

O tempo gasto em redes digitais, especialmente móvel, continua a crescer. No final de 2013, o tempo gasto on-line superou o tempo gasto assistindo TV, de acordo com estimativas eMarketer. As pessoas não precisam mais estar em casa para ter acesso à conteúdo e serem atingidas pelas marcas. A verdade simples é que as marcas são uma parte importante e envolvente da vida cotidiana. Todos os dias as pessoas passam mais tempo em seus dispositivos móveis e usam mais plataformas digitais do que qualquer outra mídia.

 

 3) O mundo é móvel. Aceite isso.

 

A estratégia on-line de marketing já é agora – ou deveria ser – sinônimo de sua estratégia móvel. Os comerciantes vão confiar mais em plataformas como o Facebook, especialmente móvel, como parte de suas iniciativas de construção de marca.

 

Branding (ou construção, gestão e consolidação de uma marca) é sobre as pessoas: conectar, envolver, influenciar e inspirar. Dispositivos móveis são os canais através dos quais tudo isso está acontecendo agora, principalmente os smartphones.

 

 4) A bola da vez é a parceria

 

Com empresas de pequeno e médio porte tendo, cada vez mais, acesso a ferramentas de marketing digital para mensurar acessos e atingir potenciais clientes, trazendo a cada dia um retorno mais preciso, o compartilhamento de dados deve crescer. O Facebook teve um aumento em 75% do número de empresas que utilizam audiências segmentadas. Isso aponta para uma curva ascendente no direcionamento das mensagens para o público que se quer atingir.

 

Com essas dicas em mãos, qual a sua estratégia para marketing digital este ano?