* Post atualizado 05 de novembro

 

 

Para a alegria de uns e tristeza de 90% da população mundial, o Whatsapp incluiu para áudio, vídeo e texto o DOUBLE CHECK AZUL! Isso quer dizer que não haverá mais desculpinha de que não viu a mensagem. Se ficar azul, todos seus argumentos são inválidos.

 

Antes da nova atualização do aplicativo, o famoso “double check” era sinônimo de confusão entre os usuários; Dois checks quer dizer que leu ou não?

 

Bom, pra quem ainda não entende a explicação é a seguinte:

 

 

Um Check ( ou Tik ):

 

Quer dizer que sua mensagem foi enviada para o servidor. Não chegou ainda em seu destino. Provavelmente aguarda conexão para ser enviada.

 

 

Whatsapp-um-check

 

Dois Checks ( ou Tiks ):

 

Quer dizer que sua mensagem chegou no destino. Não quer dizer que o usuário tenha visualizado (texto, áudio ou vídeo), ela apenas chegou no dispositivo.

 

 

Whatsapp-dois-checks

 

 

Dois checks azuis

Quer dizer que a mensagem foi enviada para o servidor, foi entregue ao destinatário e ele visualizou, SIM!

 

whatsapp-mensagem-lida

 

 

Então, recapitulando:

 

Um check: Enviado ao servidor, mas ainda não chegou ao usuário.

Dois checks: Enviado ao servidor e chegou no dispositivo do usuário, porém não quer dizer que ele tenha lido.

Dois checks azuis: Enviado ao servidor, chegou no dispositivo do usuário e o mesmo visualizou (sim).

 

Calma mortais! Ainda há um grupo que faz parte da RESISTÊNCIA. Sim, essa atualização não chegou para todos os dispositivos. Alguns ainda funcionam como antes.


Bom, a esses humanos vos peço: RESISTAM! Não deixem que a 3ª guerra mundial comece!!

 

A casa caiu! E já não sei mais se o Whatsapp é de Deus.

 

 

Sobre o Whatsapp

 

O Whatsapp é a segunda maior rede social do mundo e já caminha para casa de 1 bilhão de usuários – com cerca de 450 milhões ativos por mês – perdendo apenas para o Facebook, que por sinal comprou o app  por singelos U$16 bilhões no primeiro semestre.

 

Mais rico do que o (ex)dono – Jan Koum – do Whatsapp só a base de dados do aplicativo. E é justamente aí onde fica o cofre do ‘Tio Patinhas’.

 

A priori, segundo contrato, nada iria mudar drasticamente nas mãos do Zuckerberg. Porém, é óbvio que atualizações viriam, até porque se trata de tecnologia e sempre haverá uma nova versão, digamos. A riqueza das informações contida nas mensagens trocadas todos os dias é surreal. Se conseguirem minerar esses dados diários – vulgo invasão de privacidade… Isso requer ler o “Li e aceito” deles – dos usuários, a escala de riqueza da informação é um universo de possibilidades, e principalmente se transformar esses usuários em clientes de empresas. Ora, é muito provável que o Whatsapp saiba de sua gravidez antes do seus pais. Ou da sua nova paixão. Ou crime. Ou doença. Ou, ou ou… Etc.

 

Mas isso é assunto para outro post…

 

 

Deseja aprender mais sobre como usar o Whatsapp em sua estratégia de marketing? Saiba como.