O Pinterest divulgou nesta semana que começa a testar anúncios em sua plataforma. Com mais de US$: 338 milhões injetados por investidores e um valor de mercado aproximado de US$ 2.5 BI, chegou a hora de dar lucros.

Alinhado a um modelo de negócio cada vez mais consolidado entre as redes sociais – como Facebook, twitter e Google Plus – o Pinterest vai destacar seus Pins patrocinados no feed dos usuários – entre as publicações normais – e informar que ele é um anúncio pago. Até aí nada diferente do que acontece com as outras redes. Mas por enquanto, esses anúncios não serão pagos e apenas algumas empresas foram escolhidas para participar dessa fase de teste.

2013100801

 

 

 

Ben Silbermann , CEO & Co-Fundador do Pinterest, explica no blog da empresa que o principal objetivo neste primeiro passo é estudar como o usuário vai interagir com os anúncios, e com isso aperfeiçoar mais o serviço. Silbermann explica ainda que o Pinterest será bastante criterioso com seus Pins Promovidos. Eles terão que ser de bom gosto, não sendo permitidos banners chamativos ou pop-ups, além de serem relevantes para o feed do usuário.

 

Já faz um tempo que o mercado publicitário abriu seus olhos para o Pinterest e já usam inúmeras formas de destacar seus clientes na rede. Com isso, esta nova etapa para a plataforma tem tudo para ser sucesso e gerar bastante lucro além de possibilitar vida longa aos pins.