Quem nunca ficou frustrado com o emprego e quis pedir demissão? A americana Marina Shifrin trabalhava na produtora de vídeos de notícia, Next Media Animation, e resolveu fazer seu próprio vídeo reclamando do trabalho e pedindo demissão. Ela começa afirmando que são 4h30 e ainda estava trabalhando. Diz que nos últimos dois anos sacrificou relacionamentos, tempo e energia e que seu chefe só se importa com a quantidade de vídeos e número de visualizações. O desabafo viralizou e até agora teve mais de 7 milhões de visualizações. Marina dança durante o vídeo inteiro ao som de “Gone” do rapper Kanye West.

 

funcionaria-pede-demissao-atraves-de-video

 

 

 

 

 

E não é que a empresa resolveu dar uma resposta? O chefe e demais funcionários resolveram fazer um vídeo em resposta ao de Marina, ao som da mesma música. O vídeo começa avisando que eles estão no meio do turno de 8h de trabalho, que a empresa contrata os funcionários conforme as habilidades na dança, comem na própria mesa porque não tem restaurante aberto por perto, tem piscina na cobertura e sauna, brinca que podem usar o banheiro feminino, usam roupas legais e atiram no chefe e ele se finge de morto. O vídeo termina com eles desejando o melhor para Marina e com os seguintes dizeres: estamos contratando.

 

 

 

Não sei quem está certo em relação as condições de trabalho se é Marina ou a empresa, mas até deu vontade de trabalhar lá. A empresa achou uma forma criativa de responder e tentar reverter uma possível crise. Claro que ambos os vídeos não vão agradar gregos e troianos. Tem gente que vai criticar a atitude dela de pedir demissão pelo Youtube e tem gente que não vai gostar do posicionamento da empresa em relação a demissão. O que vocês acharam dos vídeos?