Recentemente Porta dos Fundos lançou um vídeo chamado Compra Coletiva. Nele, um homem compra um cupom de 1h com uma prostituta no horário das 6h na segunda-feira, no site de compra coletivas Peixe Urbano. O vídeo é uma crítica aos sites de compra coletiva devido aos dias, horários e condições dos serviços vendidos. O Peixe Urbano foi o site escolhido para ser citado. E como vocês acham que a empresa resolveu reagir? Poucas horas depois da publicação do vídeo o Peixe Urbano resolveu levar na brincadeira e postou na própria página do Facebook o seguinte:

 

 

resposta-peixe-urbano-porta-dos-fundos

 

A resposta foi super criativa e inteligente. Quando seria possível ver uma empresa sendo associada a uma crítica e ainda mais em um vídeo envolvendo o tema prostituição levar tudo no bom humor? As pessoas gostaram bastante do posicionamento da marca. A postagem teve mais de 7 mil curtidores e quase mil compartilhamentos. Fora as comentários apoiando a atitude do site coletivo.

 

 

comentarios-post-peixe-urbano-porta-dos-fundos

 

O site de compras coletivas para adulto, Portal Peixereca, também levou tudo na brincadeira e publicou em sua página:

 

 

publicacao-portal-peixereca-porta-dos-fundos

 

Quiseram até colocar o pinguim da Pontofrio.com no meio da história e a marca de Preservativo Prudence também quis aproveitar o sucesso da repercussão.

 

prudence-caso-porta-dos-fundos

 

Que outras marcas sigam o exemplo do Peixe Urbano e Portal Peixereca. A rede de restaurante Spoleto também já foi alvo de crítica em um vídeo do grupo de comediantes, levou numa boa e revertou a situação. A forma como essas marcas se posicionaram acabou gerando uma repercussão positiva. Quando uma marca sabe se posicionar todo mundo sai feliz, principalmente os fãs.

 

Veja o vídeo aqui: