Estamos vivendo 10 anos de modernização em alguns meses. É isto que afirmam alguns especialistas em mercado de trabalho. Mas o que uma agência de marketing digital tem a ver com isso?

Esse trágico cenário de pandemia obrigou grande parte do mercado a se adaptar ao virtual. Empresas que não investiam em inovação estão criando setores de trabalho online; pequenos negócios estão levando seus processos de atendimento para o mundo virtual.

Essa corrida contra o tempo para continuar ativo com a ajuda da internet, trouxe à tona uma demanda de mercado: as agências de marketing digital.

Na impossibilidade de abarcar todos os setores dentro de si, muitas empresas terceirizam funções e uma delas é a do marketing digital.

Você também percebeu essa mudança no mercado e quer participar dessa revolução? Então fica por aqui porque nos próximos parágrafos eu vou te ensinar como montar sua agência de marketing digital do zero.

O-que-é-uma-agência-de-marketing-digital-A-foto-mostra-uma-mulher-vestindo-vermelho-com-expressão-de-dúvida

Fonte: Freepik

Mas o que é uma agência de marketing digital?

Uma máxima comum entre as pessoas que trabalham com marketing digital é a seguinte: “Se uma empresa não existe na internet, ela não existe”. Isso porque, com a propagação da internet, as pessoas passaram a usufruir cada vez mais de serviços e produtos online.

As agências de marketing digital, então, surgiram para facilitar as ações entre as empresas, a internet e os clientes.

Uma agência de marketing digital nada mais é do que uma empresa que presta serviços de marketing online para outras pessoas ou empresas.

Dentre os muitos serviços que uma agência pode prestar, estão:

  • Social Media
  • Desenvolvimento de sites
  • Edição de vídeos e imagens
  • Assessoria
  • Tráfego pago

Com base nesse contexto, podemos partir para o primeiro passo para você começar a sua agência de marketing digital.

1 – Definir seu campo de atuação

As possibilidades de atuação dentro do marketing digital são inúmeras, mas, para começar a sua agência, é importante que você defina e aprenda o serviço que pretende prestar.

Pense consigo: “No que eu sou bom? Escrever? Criar? Programar? Editar?”.

Se você é bom em escrever e criar, que tal focar no serviço de social media ou copywriting? Se é bom com dados e programação, que tal investir em aprender a criar sites e páginas de venda e captura?

Observe as suas potencialidades e invista nelas. E se você ainda não se acha bom em nada, está tudo bem. Apenas eleja uma atividade e foque em aprender o máximo possível sobre ela.

Apesar disso, os serviços mais simples de prestar são os que envolvem conteúdos para redes sociais e anúncios.

Para-montar-uma-agência-de-marketing-digital-é-preciso-investir-em-educação-A-foto-mostra-uma-mulher-em-frente-a-um-notebook-estudando

2 – Investir em educação

Para entrar nesse mercado é importante se familiarizar. Essa parte não é muito difícil: a quantidade de conteúdo online e gratuito é gigante!

Aqui no blog, por exemplo, você vai encontrar um bom número de conteúdos sobre agências digital. Basta clicar na barra de pesquisas do canto superior direito e digital “Agência Digital” ou “Agência de marketing digital”.

Além disso, há o canal do YouTube do blog, o “Felipe Pereira e Digaí”, com dezenas de conteúdos gratuitos. Para acessar, basta clicar aqui e você será redirecionado.

Após aprender, é hora de entregar o serviço. Investir em educação é essencial para que você preste um serviço de qualidade. Por isso, conforme você for formando o caixa da sua agência, invista em mais aprendizado.

3 – Definir o preço

Defina o preço, as condições comerciais e monte sua proposta.

Existem várias formas de encontrar seu preço. Você pode observar quanto cobra a concorrência, quanto esse cliente está disposto a gastar, quanto custa sua hora.

Se você achar que errou na precificação, não perca tempo remoendo esse sentimento. Quando se está começando a empreender, é normal que isso aconteça. Por isso, preze sempre por cobrar o razoável e negociar sempre que possível.

Se você ainda não se sente confiante o suficiente para garantir um resultado, que tal começar prestando alguns serviços de graça para pessoas que você conhece, familiares ou comércios locais?

Uma possibilidade é fazer um acordo de prestar determinado serviço de graça por um mês. Caso após um mês a pessoa esteja satisfeita com o seu serviço, você passa a cobrar.

Essa é uma boa oportunidade para ganhar o seu maior ativo nesse percurso: a experiência! Para quem está começando, isso é mais valioso do que qualquer quantia em dinheiro.

Além disso, a experiência te abre portas e te dá outro ativo muito importante: a confiança. Quanto mais resultados você acumula, mais confiança no seu trabalho você tem.

Para-montar-uma-agência-de-marketing-digital-é-preciso-dedicar-se-A-foto-mostra-duas-mulheres-de-diferentes-idades-vibrando-enquanto-trabalham

4 – Dedicar-se!

Nesse processo de aprendizado não se pode ser uma esponja que apenas absorve.

Acredite: apenas aprender e estudar pode te paralisar. Por isso, busque sempre uma forma de aplicar cada pequena coisa que você aprendeu. Isso vai te manter em movimento.

É necessário ser resiliente e fazer o máximo para levar resultados para o seu cliente.

Para ter certeza de que seu serviço entrou o que prometeu, é preciso mensurar os seus resultados. Coloque metas, registre a evolução e, no final do período acordado, apresente os resultado para o seu cliente.

Na metade desse período, analise as métricas e, caso elas estejam longe do que você projetou, busque identificar onde estão os possíveis erros. Assim você consegue corrigir o trajeto e caminhar em direção ao resultado.

5 – Escalar!

Após acumular experiências, clientes e resultados, não se acomode. Defina metas maiores para sua agência e trace plano para chegar até elas.

Para uma agência, uma boa meta de longo prazo é escalar o volume e a qualidade dos serviços. Nesse estágio da sua agência, uma boa opção é investir em uma mentoria ou um acompanhamento.

Você pode encontrar a forma mais segura e eficiente de escalar a sua agência no Programa Revolução Digital.

O Revolução Digital fornece um modelo de negócio já pronto e validado para que você profissionalize e escale a sua agência a um faturamento mensal de até R$ 20.000.

Com ele, você terá um processo testado e validado, desde a concepção do negócio até o faturamento, passando pela seleção de freelancers, gestão do negócio, criação de artes e gerenciamento de campanhas.

Começar do zero, trabalhar e escalar. Isso é possível com determinação, resultados e investimento em educação. Agora que você já sabe como começar, que tal dar o primeiro passo?