Vários recursos tecnológicos se tornaram necessários, tais como as novas formas de realizar pagamento online. Tendo isso em mente, a empresa Minsait realizou um estudo sobre a mudança no pagamento online e como cada país os utilizava.

Foi percebido que o nível de segurança na hora de fazer pagamentos online muda muito do Brasil para nossos vizinhos da fronteira. A Argentina, por exemplo, apresenta o maior número de consumidores declarando que se sentem seguros ao realizarem pagamentos online, com 78,8%. Já o Brasil fica no penúltimo lugar com 62,7%, estando na frente apenas do Peru.

Senhora checando pagamentos online

Desconfiando do pagamento online

Embora os brasileiros se encontrem no penúltimo lugar do ranking, a curiosidade que rodeia esse fato é de que no Brasil se encontra a maior porcentagem de pessoas que já fizeram compras online pelo menos alguma vez na vida, com 94,6%.

A grande diferença está na quantidade de vezes que essas compras são realizadas, com aproximadamente ⅓ da frequência dos outros países América Latina. E mesmo tendo um baixo índice do parecer de segurança, o Brasil tende a crescer no quesito pagamento online.

A Minsait destacou também que 56,9% dos consumidores brasileiros têm a intenção de dar início a diferentes métodos de pagamento online neste ano de 2019.

Formas de Pagamento

Novas formas de pagamento

O mundo inteiro está em constante evolução, e as formas de pagamento não poderiam ficar de fora. Hoje, as transferências eletrônicas ganham cada vez mais importância. Elas estão a cada dia mais conquistando o espaço que antes era reservado para o cheque, tomando conta do segundo lugar no ranking do pagamento mais utilizado no ano de 2017, cerca de 17% das operações, enquanto o cheque está em terceiro lugar com 9,7%.

E aí, amigo, conta pra gente: você se sente seguro ao realizar um pagamento online?