O Google anunciou na última semana o lançamento de um programa que visa acelerar o desenvolvimento de startups brasileiras. O projeto, intitulado Launchpad Accelerator São Paulo, é desenvolvido em escala global, com operações já em funcionamento em Tel Aviv, cidade localizada em Israel, e Lagos, maior cidade da Nigéria.

A iniciativa do Google visa ajudar a impulsionar projetos atraentes que possam contribuir de alguma maneira para a sociedade. Um dos objetivos desse programa é analisar a possibilidade de escalonar esses produtos, tendo em vista que isso pode influenciar diretamente no impacto causado por eles.

launchpad accelerator sao paulo google

Launchpad Accelerator São Paulo

A cidade escolhida para ser sede do Launchpad Accelerator São Paulo foi a própria capital paulista, no Campus São Paulo, local que o Google utiliza para desenvolver ações com startups. O espaço será disponibilizado para que os empreendedores tenham auxílio durante todas as etapas de planejamento do projeto.

Para Rodrigo Carraresi, gerente de programas do Google Developers, o momento das startups brasileiras é excelente, e muitos investidores estão sendo atraídos pelos resultados obtidos nos últimos anos. Com o apoio do Google, a expectativa é que esse ciclo seja continuado com o surgimento de empresas com novas histórias de sucesso.

launchpad accelerator sao paulo google 01

A tecnologia para as startups

O Google entende que acompanhar as tendências da tecnologia é fundamental para o sucesso das startups, sendo assim, as empresas que utilizam os ambientes fornecidos por ele conseguem se destacar em um cenário tão competitivo. Os programas da empresa têm iniciativas em Inteligência Artificial, Machine Learning, Android, Google Cloud Platform e soluções web.

Além do suporte no desenvolvimento dos projetos, as startups ainda receberão de 20 mil a 100 mil dólares em créditos que podem ser revertidos em produtos do próprio Google. O Launchpad Accelerator tem duração de três meses, e as inscrições para a primeira turma deverão ser feitas até o dia 23 de abril.

E aí, amigo, o que você achou da iniciativa do Google?