Procurar emprego já não é mais sinônimo de sair distribuindo currículos por todos os lugares, prova disso são as plataformas que disponibilizam vagas em diversas áreas, e o melhor, a maioria delas, de forma gratuita. Mas será mesmo que tais plataformas comportam todos os âmbitos profissionais? Se visitarmos qualquer página de busca por empregos nesse exato momento, veremos uma infinidade de vagas direcionadas aos profissionais da administração, do direito, e de forma muito discreta, da comunicação (sim, são tempos difíceis para nós, jornalistas).  
 

Mas e quando se trata do setor artístico? Como unir, em um só lugar, atores, modelos e cantores que estão em busca de uma chance em um mercado tão disputado? Pensando nisso, a ex-modelo Vera Kopp criou a inCast, plataforma voltada para a indústria do entretenimento, que tem como objetivo conectar profissionais do setor com oportunidades de emprego.

 
 
incastfoto
 
 

Com o apoio do Startup Rio, da ABPITV (Associação Brasileira de Produtoras Independentes de Televisão) e da Sated (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões no Estado de São Paulo), a inCast concentra profissionais que vão desde atores, modelos, cantores, apresentadores, fotógrafos, dj’s, músicos até a equipe técnica de produção, como designers, cabeleireiros, maquiadores, cenógrafos, roteiristas, produtores, diretores, fotógrafos, editores e empresas de transportes e locações.

 

 

Como participar?

 

 

Como qualquer classificado online de empregos é necessário fazer um cadastro. Vale lembrar que a plataforma é dividida em dois tipos de usuários: talentos e produtores. Os primeiros são aqueles que procuram oportunidades na indústria do entretenimento, e devem, durante o cadastro, listar suas  habilidades e experiências. Já os segundos são os contratantes, pessoas dispostas a compartilhar as oportunidades disponíveis.

 

O acesso às vagas é limitado, e a mensalidade para quem deseja se candidatar às vagas oferecidas é de R$ 29,00.   Vera Kopp, CEO e fundadora da inCast, afirma que a indústria de entretenimento tinha uma dificuldade enorme de encontrar talentos e equipe de produção qualificados e disponíveis no mercado.

 

“Além de contribuir para a empregabilidade de um setor que ainda conta com uma taxa de oscilação muito grande dos profissionais que o compõem, a nossa plataforma tem também a missão de engajar os usuários por meio de conteúdo educativo. Dessa forma, iremos fomentar ainda mais o segmento de entretenimento e produções nacional, além de promover uma atualização de know-how com ferramentas já utilizadas por grandes diretores de elencos e produtoras em Hollywood”, completa.

 

A plataforma conta com uma comunicação centralizada, ou seja, possibilita que os contratantes gerem um arquivo digital na inCast, contendo, por exemplo, informações sobre seus candidatos favoritos. A fim de garantir que mais de 11 milhões de profissionais do setor tenham acesso a novas oportunidades de trabalho, a ferramenta assegura que as contratações aconteçam por total mérito, e não por indicações.   Curtiu? Então acesse incast.com.br e faça seu cadastro!