Ao contrário do que muito se ouve com autoajuda, usar a cabeça para fazer o que deve ser feito pode vir a sabotar os seus projetos.

 

Algo extremamente importante deve ser feito, aí você bota isso na cabeça e… nunca mais tira, sem colocar nada em prática e fica frustrado acumulando mais atividades inacabadas.

 

Isso já aconteceu com você?

 

Se sua resposta for positiva, isso é sinal de que você não é muito diferente da maioria dos brasileiros.   Em nossa cultura, infelizmente, ainda é muito comum o hábito de acharmos que vamos cumprir com nossas metas simplesmente contando com a nossa memória.

 

E, por incrível que pareça, por mais que falhemos não deixamos de fazer a mesma coisa. Ou pior, não deixamos de não fazer.   E o que fazer então?

 

 

1.            Tire isso da mente

Anotar tudo o que temos que fazer e, se o projeto for muito grande, as etapas do mesmo.

 

 

2.            Grau de importância

Às vezes a gente simplesmente demora por não saber por onde começar: determine a ordem do mais importante para o menos numa sequência.

 

 

3.            Para ontem

Se seu objetivo não tiver um prazo o mais provável é que ele continue no lindo mundo da imaginação. Por isso comece imediatamente.

 

Por quê?

 

Você precisa trazer seu trabalho para o mundo real com uma meta de dia e hora para que seu trabalho seja feito.   Só o fato de agendá-lo, já lhe dá uma sensação maior de comprometimento e, de quebra, ajuda a memorizar de forma mais concreta.

 

Para que tudo isso seja feito com excelência você pode contar com algumas ferramentas como o Runrun.it.

 

O Runrun.it é uma ferramenta online para gestão de projetos, tarefas e equipes que você pode ter uma conta gratuitamente.   Com ela você também poderá aprender a gerenciar melhor as suas atividades e ser mais produtivo.

 

Para criar agora a sua conta gratuita, clique aqui!

 

Deixe nos comentários suas dúvidas ou dicas sobre mais maneiras de tirar projetos da cabeça e, finalmente, colocá-los em prática.