Uma das coisas mais legais a respeito do WordPress e que faz dele uma plataforma tão acessível é o fato de suportar plugins de terceiros. Uma vez que você tem essa famosa plataforma para blogs instalada num servidor, é possível personalizá-la quase que totalmente utilizando várias extensões ou os chamados “plugins”. Esses plugins podem modificar a aparência do seu site e até mesmo ativar uma nova funcionalidade.

 

plugins-wordpress

 

 

Possivelmente você já conhece o WordPress e já sabe qual o seu propósito, assim como a definição de um plugin e para que ele serve. Eles – os plugins – são bem fáceis de instalar e ativar. Se você não manja muito (ou nada) de protocolos FTP, não precisa se preocupar com isso, já que é possível instalar plugins diretamente a partir do painel do administrador do WordPress.

 

Há alguns milhares de plugins de terceiros disponíveis somados ao monte de outros plugins oficiais criados pelo time de desenvolvedores do próprio WordPress. São tantos que fica até difícil escolher o que instalar no seu blog. Mas com certeza tem aqueles plugins que são a nata dentre os mais populares e nós vamos falar para você quais são eles. Muito além da classificação 5 estrelas que esse ou aquele plugin possa ter, nós vamos dar a você uma lista dos melhores plugins do WordPress na nossa opinião.

 

W3 TOTAL CACHE

 

A performance de carregamento da página de um site é algo muito importante. Se seu site demora muito para carregar, seus visitantes – impacientes por natureza – se sentirão frustrados, vão desistir rapidinho de esperar e irão embora do seu site.

 

W3 Total Cache melhora essencialmente a performance do carregamento de páginas e dá um gás na velocidade do carregamento através de funções que reduzem, em contrapartida, a quantidade de vezes que um download é necessário. São funções do tipo “avançadas”, mas que você pode ler tudo sobre elas em detalhes na própria página do plugin.  É uma ótima ideia instalá-lo antes de começar a fazer o upload de imagens e vídeos no seu site.

 

WORDPRESS SEO BY YOAST

 

Uma hora ou outra você vai querer utilizar alguma ferramenta de SEO no seu site. Talvez você até já utilize. E eu arriscaria em apostar que algumas pessoas ainda utilizam ferramentas um tanto “medievais” de SEO. Ao invés disso, por que não instalar esse plugin e facilitar tudo? Você poderá personalizar o meta título e a meta descrição de cada post. A meta descrição é o texto geralmente utilizado pelo Google para a exibição dos resultados de texto das segundas e terceiras linhas dos resultados de busca, logo abaixo do título. As keywords (ou palavras-chave) também podem ser personalizadas e tudo isso a partir da tela de “Criar novo post”. Além disso, o plugin avisa a você se o seu conteúdo e elementos do post estão de acordo com as técnicas de SEO antes mesmo de você autorizar a publicação.

 

404 TO START

 

Já aconteceu com você: tentar acessar um site e, ao invés da exibição da página do site desejado, a sua tela mostra uma página apática com uma mensagem de erro do servidor? Acho que sim. O erro 404 é o mais famoso. Esse tipo de experiência é péssima para o usuário e para o dono do site também, claro. Sabia que links inativos são detectados pelos robôs do Google e reposicionados (sempre para baixo) no índice de resultados? Eis uma brilhante solução: o plugin 404 To Start conserta todo e qualquer erro do tipo 404 que possa ocorrer e redireciona o usuário para outra página pré-definida por você. Funciona como um plano B, entendeu? Assim, seu site não passará vergonha nem na frente dos visitantes, muito menos dos robozinhos do Google.

 

E não para por aí. O 404 To Start ainda pode ser configurado para que um e-mail seja enviado para você no instante em que um erro 404 é detectado em alguma das suas páginas, indicando onde e quando a falha foi experimentada. Uma mão na roda.

 

DIGG DIGG

 

Se há um jeito eficaz de atrair mais tráfego pro seu site, um deles certamente é motivando visitantes a compartilharem seu conteúdo nas mídias sociais. O plugin Digg Digg funciona como uma barra flutuante de compartilhamento em mídias sociais que você escolhe em quais páginas adicioná-lo. Essa barra fica na lateral da página. Os visitantes do seu site poderão compartilhar o seu conteúdo através do Digg Digg no Twitter, Facebook, Linkedin, Reddit, Pinterest, etc, apenas clicando no ícone da mídia social desejada na barra. E ao lado de cada botão de share, há uma contagem que indica quantas vezes aquela página foi compartilhada em cada mídia social separadamente e o total de compartilhamentos. As configuração do plugin permitem que definir de maneira personalizada o comportamento da barra do Digg Digg, ou seja, como ela irá funcionar.

 

JETPACK

 

No início do post eu deixei bem claro que a listinha de plugins que eu estava prestes e dividir com você já era o top ranking, mas esse aqui é meu favorito. Desenvolvido pelo próprio time do WordPress, o plugin Jetpack oferece um pacote de ferramentas e funcionalidades para qualquer site ou blog. Que ferramentas e funcionalidades são essas? Bom… são várias. Alguns exemplos: o sistema único de comentários, estatísticas específicas de tráfego de navegação, cadastro de e-mails, formulários de dados, integração com redes sociais e muito mais.

 

O que mais me encanta e que, na minha opinião, é um must-have que o Jetpack oferece é o suporte de publicação social que permite que você poste atualizações simultaneamente através de várias redes sociais. A vantagem nisso é que você ganha muito tempo sem precisar postar manual e individualmente em cada rede social sempre que quiser publicar conteúdo novo. O plugin também permite que você personalize qual texto irá ser exibido na postagem de cada rede social individualmente.

 

MAIS PLUGINS QUERIDINHOS DOS USUÁRIOS

 

Esse post poderia ser bem mais extenso. Outros exemplos de plugins sensacionais do WordPress são o Subscribe2, Akismet, Contact Form 7, WooCommerce e o Google Analytics+. Explore as mais variadas opções de plugins nas categorias de funcionalidade e suporte que o WordPress tem disponível para o seu site. Não gostou, desinstale-o e experimente outro. Simples assim.
Você conhece alguns desses plugins mencionados? Qual você adicionaria à lista top?
Queremos saber. Comente aqui e compartilhe!

 

Imagem fonte: http://ayudawp.com/wp-content/uploads/2013/11/plugins-wordpress.jpg