Que as buscas são importantes ninguém duvida. Apesar disso, a melhor estratégia para utilizá-las nem sempre está clara. Vez ou outra ouço perguntas como:

 

– Em que consiste e o que pode ser feito no marketing de busca (SEM – search engine marketing)?

– Qual a diferença entre SEM e SEO?

– O que devo utilizar no meu caso, SEO ou links patrocinados? Quais as vantagens e desvantagens de cada um?

– Como faço para aprender SEM?

 

Para responder essas e outras perguntas, resolvi fazer um infográfico abordando Marketing de Busca (SEM) e suas duas abordagens: busca orgânica/SEO e links patrocinados (PPC)!

 

Confira já e se quiser baixá-lo em PDF com alta resolução, basta clicar aqui ou sobre o infográfico abaixo!

 

infografico-o-que-e-marketing-de-busca

 

Clique aqui para baixar o infográfico “O que é Marketing de Busca?” em PDF com alta resolução.

 

Esse infográfico foi útil para você? Compartilhe já com seus amigos e deixe seu comentário no final deste post!

 

Se deseja compartilhar esse infográfico em seu blog ou site, utilize o seguinte código:

 

 

 

 

o que é marketing de busca

 

O Marketing de Busca (SEM – Search Engine Marketing) consiste em maximizar os resultados de comunicação a partir de buscadores. Possui duas áreas: busca orgânica e links patrocinados. A imagem a seguir apresenta uma página de resultados do Google. A área azul representa os links patrocinados e a área laranja representa os resultados da busca orgânica.

 

SERP

 

Busca Orgânica/SEO x Links Patrocinados (PPC)

 

Busca Orgânica é a parte do Marketing de Busca em que não pagamos por anúncios. Para obter melhores resultados, são utilizadas técnicas de SEO (Search Engine Optimization – Otimização para Mecanismos de Busca).

 

Links Patrocinados (PPC), por outro lado, são a parte do Marketing de Busca em que compramos visibilidade através de anúncios, geralmente por pagos por clique (PPC). O nome do sistema varia de acordo com o buscador: Google Adwords, Bing Ads, por exemplo.

 

A tabela a seguir apresenta um comparativo entre as duas abordagens:

 

SEO x PPC

 

SEM no Brasil em 2012

 

O gráfico a seguir ilustra a participação dos buscadores no Brasil, no ano de 2012. Como pode ser observado, o Google lidera fortemente o mercado de busca nacional, com 84,43%, seguido pelo Bing (8,19%) e Yahoo (1,19%). Os outros buscadores possuem 6,19%.

 

Principais buscadores do Brasil em 2012

 

 

O gráfico a seguir mostra os termos mais procurados no Google no Brasil de janeiro a dezembro de 2012: Face, BBB12, Ask, Avenida Brasil, Zerg Rush, Eleições 2012, Transformice, ENEM e TRE.

 

Termos mais procurados no Brasil no Google em 2012

 

Números do Marketing de Busca

 

– Busca é a 2ª atividade mais popular da Internet e 82,6% dos internautas a utilizam

– O Google tem mais de 1 milhão de servidores e consome 0,013% da energia elétrica mundial

 

Estatísticas do Marketing de Busca

 

 

O gráfico abaixo apresenta a evolução no número de páginas indexadas e no volume de buscas do Google entre 2008 e 2012.

 

Gráfico com números SEM

 

Processo de SEO

 

As atividades de SEO passam por um processo de 6 etapas:

 

– Pesquisa (análise de cenário e definição de palavras-chave);

– Diagnóstico (análise do ranking e dos aspectos on-page e off-page do site);

– Estratégias (definição de estratégias on-page e off-page);

– Implementação on-page (acessibilidade, arquitetura de informação, marcação e conteúdo);

– Implementação off-page (conteúdo e link building);

– Resultados (mensuração dos resultados para otimização do processo).

 

Os aspectos on-page dizem respeito à página em si (conteúdo, codificação, etc.), enquanto os aspectos off-page dizem respeito a elementos externos (ex.: links e compartilhamentos em redes sociais).

 

O processo é cíclico, conforme observado na imagem abaixo:

 

Processo de SEO

 

 

Critérios de ranking do Google

 

O Google possui centenas de critérios para definir quais páginas são mais adequadas para cada consulta. Para evitar manipulação dos resultados, o algoritmo utilizado é secreto. Para que a atividade de SEO possa existir, são realizadas pesquisas com profissionais especializados em SEO. Eles informam a importância de cada critério segundo sua experiência própria e os responsáveis pela pesquisa sumarizam os resultados. Estes servem de guia para o mercado, que passa a conhecer o peso estimado de cada aspecto. Vale ressaltar que o algoritmo do Google é dinâmico e sofre várias mudanças por ano.

 

Os critérios em ordem de importância com seu respectivo percentual de influência para o posicionamento são os seguintes:

 

1) Quantidade e qualidade de links para o domínio – 20,94%

2) Quantidade e qualidade de links para a página – 19,15%

3) Relação entre conteúdo e palavras-chave em nível de página – 14,94%

4) Comprimento, legibilidade, unicidade e velocidade de carga do conteúdo – 9,8%

5) Força da marca – 8,59% 6) Métricas de usuários, uso, tráfego e busca – 8,06%

7) Métricas sociais – 7,24%

8) Uso de palavras-chave no domínio – 6,98%

9) Aspectos do domínio sem relação com palavras-chave – 5,21%

 

Importância dos critérios de SEO

 

 

Quais as responsabilidades de um profissional de SEO?

 

A atividade de SEO é multidisciplinar e envolve competências ligadas a áreas diversas, como design, programação e conteúdo. Essas são algumas das responsabilidades envolvidas no trabalho de SEO:

 

– Acessibilidade do site

– Estratégia de conteúdo

Link building

– Busca e definição de palavras-chave

– Busca vertical

– Promoção em mídias sociais

– Acompanhamento de reputação

– Novos protocolos de busca

– Otimização de busca local

– Gestão de comunidades

– Criação de conteúdo

 

Responsabilidades do profissional de SEO

 

 

 

Taxa de clique (CTR) por posição

 

Quanto mais acima na página de resultados de busca uma página estiver, maior a taxa de cliques (CTR – Click Through Rate) dela. A tabela abaixo apresenta o CTR referente a cada posição:

 

CTR

 

Desse modo, supondo que determinada consulta seja realizada 1000 vezes, cada página receberá o seguinte número de visitas:

 

1ª página – 364

2ª página – 125

3ª página – 95

4ª página – 79

5ª página – 61

6ª página – 41

7ª página – 38

8ª página – 35

9ª página – 30

10ª página – 22

 

Isso totaliza 890 cliques nos resultados da primeira página do Google. Os outros 110 distribuem-se nas páginas seguintes da busca.

 

 

Links Patrocinados (PPC)

 

A gestão de Links Patrocinados passa por um processo de 6 etapas:

 

– Estudo de cenário (análise do projeto, objetivos e estratégias);

– Definição dos elementos dos anúncios (definição de palavras-chave, geografia, orçamento, etc.);

– Criação dos anúncios (definição dos títulos, textos e URLs);

– Início da campanha (liberação da veiculação dos anúncios);

– Mensuração (verificação das métricas e resultados);

– Otimização (mudanças nos anúncios para melhores resultados).

 

O processo é cíclico, conforme observado na imagem abaixo:

 

Processo de Links Patrocinados (PPC)

 

Livros sobre SEM, SEO e PPC

 

Para saber mais sobre SEO e PPC, recomendo os seguintes livros:

 

– A Arte de SEO (Eric Enge, Stephan Spender, Rand Fishkin e Jessie C. Stricchiola)

– Inbound Marketing and SEO: Insights from the Moz Blog (Rand Fishkin e Thomas Hogenhaven) – em inglês

– Guerreiro SEO (John I. Jerboir)

– SEM e SEO: Dominando o Marketing de Busca (Martha Gabriel)

– Ultimate Guide to Google Adwords (Perry Marshall e Bryan Todd) – em inglês

 

Dicas de livros sobre SEM, SEO e PPC

 

 

Perfils no Twitter sobre SEM, SEO e PPC

 

Para estar sempre por dentro das novidades relacionadas a SEO e PPC, recomendo os seguintes perfis no Twitter:

 

– Agência Mestre (@agenciamestre) – empresa que oferece serviços, ferramentas e possui um ótimo blog sobre SEO

– Search Engine Land (@sengineland) – canal de notícias sobre SEO e PPC (em inglês)

– Fabio Ricotta (@fabioricotta) – co-fundador da Mestre e uma das maiores referências do Brasil sobre SEO

– Rand Fishkin (@randfish) – CEO do Moz e uma das maiores referências internacionais sobre SEO (em inglês)

– Google Adwords BR (@GoogleAdwordsBR) – canal oficial do Google Adwords no Brasil

– Moz (@moz) – plataforma que oferece uma suíte de ferramentas e uma grande base de conhecimento sobre SEO (em inglês)

 

Twitter de Referências sobre SEM, SEO e PPC

 

Referências

 

Essas foram as referências utilizadas para construir esse infográfico:

 

http://www.optify.net/wp-content/uploads/2011/04/Changing-Face-oof-SERPS-Organic-CTR.pdf

http://moz.com/blog/weighting-the-clusters-of-ranking-factors-in-google-analytics-whiteboard-friday

http://arnfinno.wordpress.com/2013/02/16/googles-energy-consumption/

http://www.extremetech.com/extreme/161772-microsoft-now-has-one-million-servers-less-than-google-but-more-than-amazon-says-ballmer

http://bit.ly/mozfutureofseo

http://www.google.com/zeitgeist/2012/#brazil/searches http://www.secundados.com.br

 

E-book Grátis

 

Para baixar o e-book grátis “16 erros que impedem seu site de estar na primeira página do Google“, clique na figura abaixo:

 

ebook 16 erros impedem ranking google

 

Mídias Sociais

 

Acompanhe o Digaí no Facebook (www.facebook.com/curtadigai), Twitter (www.twitter.com/sigadigai) e Youtube (www.youtube.com/canaldigai).

 

Rodapé Infográfico Digaí

 

 

 

Esse post foi útil para você? Compartilhe já com seus amigos e deixe seu comentário abaixo!

 

 

Clique aqui para baixar o infográfico “O que é Marketing de Busca?” em PDF com alta resolução.