Quando você tem poucos recursos financeiros não pode perder tempo com o que não funciona em marketing on-line.

A crise está em alta, mas ninguém deve ficar com a moral em baixa, quando se trata de gerir um negócio, empreender um sonho. Muitas empresas estão com o orçamento apertado quando se trata de marketing. O que pode não ser uma boa decisão, a médio prazo. Quero mostrar alguns passos a seguir a fim de desenvolver uma estratégia de marketing online, especialmente dirigida àqueles que estão com o orçamento limitado.

Para quem quer chamar atenção para o seu produto ou serviço na web, o desafio é a dificuldade de atrair corações e mentes, através de olhos e ouvidos. No fundo, você está competindo com grandes empresas com departamentos de marketing, mais a dispersão das mídias sociais, e uma infinidade colossal de outras distrações para fisgar a atenção de seus desejados clientes.

Contudo, apesar de todo esse cenário adverso, você não precisa gastar fábulas para se destacar na web, seja qual for seu foco. Aqui estão oito maneiras criativas e de baixo custo para comercializar o seu negócio em um mundo digital:

 

1 – Conheça o seu nicho

Seu marketing nunca será bem sucedido se você não tem um público claramente definido. Antes de tudo, descubra o seu mercado-alvo em primeiro lugar. Necessariamente não precisa gastar dinheiro para isso. Se você sabe o que é seu produto, você deve ser capaz de descobrir quem quer ele. Qual é a sua faixa etária? Quais são os interesses do seu cliente potencial? Qual é a sua situação financeira provável? Localização? Muitas vezes seus seguidores no social estão aumentando, mas seja preciso sobre isso: Veja qual é a percentagem de seu público-alvo que lhe segue.

 

2 – Metas e objetivos claros

Veja o que você deseja com o marketing digital. Quer apenas promover a marca? Tudo o que você pretende é aumentar as vendas? Ou seja, pode ser que você venha ter um ou mais objetivos, veja como medir todos eles para estabelecer metas, afim de poder ver quanto sucesso você está tendo com seu programa.

 

3 – Definir um orçamento

Agora que você sabe quem é o seu público-alvo e tem suas metas estabelecidas, é hora de planejar seu orçamento. Diferente do marketing tradicional, no digital você pode fazer bastante com pouco dinheiro. Várias plataformas estão disponíveis sem nenhum custo, a começar pelo Google Analytics. Mas, não fique somente com essas táticas, use também o anúncio pago, tanto no Google como nas redes sociais, de acordo com suas contas. Essas plataformas vão lhe entregar mais dados do seu público-alvo, por isso é bom que você faça incursões ao anúncio pago, trabalhando sempre com pequenos investimentos.

 

4 – Trabalhe sua marca

Trabalhe sua marca para ela ganhar destaque e diferenciar-se da concorrência. Sua marca deve ser memorável. Isso começa com o seu site. Seu nome de domínio deve ser o nome da sua empresa, se possível. Adquirir um nome de domínio tem uma taxa, mais um serviço de hospedagem é muito acessível, mesmo para os menores orçamentos. Faça isso já. Descubra como você deseja que sua marca seja vista e trabalhe nessa direção. Um site profissional e uma presença de mídia social forte é importante, mas você deve interagir com potenciais clientes, e construir relacionamentos com eles, esse é o esforço para trabalhar com um orçamento reduzido.

 

5 – SEO – Search Engine Optimization

Trabalhe conteúdos com palavras-chave que são comumente pesquisados por seu público-alvo; espalhe links dentro e fora de seu site que aponte para as suas páginas; procure personalizar o título e descrição, etc. Tanto quanto melhor for sua indexação, mais seu conteúdo será encontrado pelos motores de busca, e sua marca sairá mais rapidamente quando houver pesquisa, isso tudo são processos que começam a ter as respostas iniciais depois de alguns meses, mas, a médio prazo vale ouro, afinal um desses sites de busca, o Google, é a maior mídia do planeta. Talvez, aqui nesse ponto você deve gastar um pouco mais de seu orçamento, e contratar as pessoas certas para fazer a devida investigação.

 

6 – Conseguir prova social

O melhor para o seu produto ou serviço é ser defendido por alguém que seu público-alvo respeite, o ideal seria uma celebridade. Mas, em vez de tentar obter um superstar para apoiar o seu negócio, tente deixar seus clientes satisfeitos e irão retribuir com depoimentos e mensagens que você poderá usar como prova social, não se esqueça das fotos, imagens falam muito. Quando você quer agradar um herói local uma boa tática é enviar algum tipo de convite, flores, café da manhã, mas, tenha a precisão de ser um investimento proporcional ao seu orçamento.

 

7 – Criar um blog

Um blog com artigos que respondam as dores-chave do seu público-alvo é uma maneira segura de você ser achado na internet. Não é fácil, você deve manter ele bem alimentado para ele ter alguma presença na web, com dois ou três artigos ninguém vai saber que ele existe. Você deve colocar um ou dois posts relevantes semanais, no mínimo. É trabalhoso, mas é tão garantido como o SEO, aliás, criação de conteúdo é uma das melhores maneiras de se posicionar. Demonstrar boa vontade, oferecendo conteúdo de valor para os seus leitores pode até num “starweb”, ou seja, dar muito reputação à sua marca e fama para você pessoalmente.

 

8 – Capriche no visual

Concentre-se no visual. De acordo com um Shareaholic.com, entre setembro de 2013 e fevereiro de 2014, o YouTube gerou o maior engajamento pós-clique e menor taxa de rejeição pós-clique de qualquer plataforma de mídia social. Da mesma forma, enquanto a atividade do Facebook despenca, e o Twitter permanece constante, plataformas visuais como Instagram e Vine ainda estão em ascensão.

Com baixo orçamento fora de questão contratar um designer gráfico in-house; para quem não consegue fazer artes digitais usando aplicativos gratuito, como Canva, ou outras soluções semelhantes, o ideal é o UGC, ou conteúdo gerado pelo usuário. Essa sim é uma ótima maneira de transferir parte do seu marketing e criação de conteúdo para o público. Por exemplo, usando uma competição promocional no Instagram e YouTube permite você envolver simultaneamente os fãs e criar uma base de dados de anúncios visuais gerados por usuários.

Outra ótima medida para divulgar sua marca é deixando comentário naquelas páginas de blogs e sites que você julga relevante para sua estratégia.

Então, deixe suas impressões sobre esse artigo.