O tema deste ano do Dia Mundial das Comunicações Sociais, celebrado pela Igreja Católica desde 1967, será “Redes Sociais: portais de verdade e de fé; novos espaços de evangelização”. Neste ano, ocorrerá no dia 12 de maio – comemora-se no domingo anterior ao Pentecostes. Nas dioceses do mundo inteiro, o assunto entra em discussão com os comunicadores e são repassadas orientações aos fiéis, de acordo com a mensagem papal. Na arquidiocese de Olinda e Recife, o arcebispo Dom Antônio Fernando Saburido tomará café-da-manhã com os jornalistas na Cúria Diocesana, no dia 10 de maio (dois dias antes porque 12 de maio também será celebrado o Dia das Mães).

 

 

papa2

 

Na mensagem da 47ª edição, escrita em janeiro de 2013, o então Papa Bento XVI, líder naquele momento da Igreja Católica, ressalta o desenvolvimento das redes sociais digitais e a contribuição que deram para a “aparição duma ágora, duma praça pública e aberta onde as pessoas partilham ideias, informações, opiniões e podem ainda ganhar vida novas relações e formas de comunidade”.

 

Bento XVI também comenta que os internautas devem se esforçar para serem autênticos nas redes sociais, pois comunicam o que verdadeiramente são. Ainda estimula o compartilhamento de competências e conhecimentos. “O desafio, que as redes sociais têm de enfrentar, é o de serem verdadeiramente abrangentes: então beneficiarão da plena participação dos fiéis que desejam partilhar a Mensagem de Jesus e os valores da dignidade humana que a sua doutrina promove”, acrescenta.

 

Independente de crença religiosa ou doutrinária, vale a pena ler a mensagem de Bento XIV. Trata-se de um depoimento lúcido e que realmente nos leva à reflexão. Veja o texto na íntegra.

 

 

Vaticano no smartphones e nas redes sociais

 

Em dezembro de 2012, Bento XIV lançou a primeira conta papal no Twitter (@pontifex – papa em latim), disponível em nove idiomas – em português é @Pontifex_pt. Após sua renúncia, em 28 de fevereiro de 2013, o perfil não foi mais atualizado, sendo retomado quando do anúncio da eleição de Francisco, no dia 13 de março, com a seguinte frase: “HABEMUS PAPAM FRANCISCUM”. O número de seguidores dobrou.

 

papa1

 

O Vaticano também mantém um site com notícias sobre a instituição, o News.Va, que tem contas no Facebook, no Twitter, no Youtube e no Flickr. Ainda possui dois aplicativos para smartphones e tablets no iTunes e no Google Play. O Vatican.va é mais fraquinho e traz apenas notícias sobre a Santa Sé, boletins para a imprensa e vídeo online. A seção foto está apresentando erro.

 

papa3

 

Já o recém-lançado The Pope App tem um visual moderno e está fazendo mais sucesso com os católicos. Já obteve mais de 50 mil downloads no Google Play. Possui notícias atualizadas, programação dos eventos, mensagens do papa, imagens, vídeos, webcam e links para demais mídias usadas pelo Vaticano.

 

The Pope App também está disponível para Android e iOS, mas é mais moderno e bonito