Tendo como base para lançar produtos, marcas ou mesmo sua reformulação, vale a pena apostar em novos nomes da música ou do entretenimento, ou mesmo uma nova direção no negócio. Mudar significa evoluir, seguir caminhos diferentes, apostar em outros públicos ou ampliá-los. Mas para tomar essas decisões é preciso planejamento e muita pesquisa. Talvez o termo para tudo isso seja “coolhunting”.

Aparecendo pela primeira vez nos anos 90, coolhunting trata-se de observação e atenção às mudanças dos hábitos das pessoas e do mundo, na cultura, nos processos culturais e na reação das pessoas, com o intuito de emplacar novas tendências, sejam elas no campo da comunicação, design, moda, psicologia, arquitetura, marketing, entre outros. O profissional responsável pela área, o coolhunter, desenvolve pesquisas baseadas na informação e na sua reverberação, na percepção de qualidades e de itens de diferentes grupos, etnias e lugares, detecta elementos chave e constrói um planejamento de dados, referências históricas, conceitos formadores de opinião, pessoas e cultura a fim de preparar terreno para aquele produto ou conceito.

hunter

É possível ser coolhunter de si mesmo?

Sim, é possível. Nós profissionais precisamos nos reciclar, buscar inovações e aprender mais na nossa performance profissional e pessoal, não apenas para se sobressair e estar a par das mudanças mercadológicas, como compreender o direcionamento do mundo, a importância da cultura, da arte, das relações interpessoais e do como nos comunicamos para desenvolver ideias, projetos e ampliar o que já temos, seja em qualquer área de atuação.

Sua empresa precisa de coolhunter?

Para quem trabalha em agências de comunicação, de publicidade, pode ser que já tenha a função intrínseca. O coolhunter ou “trend desginer” é um profissional munido de senso crítico, comercial e curiosidade, é um pesquisador nato e sensível para prever situações e tendências que virão num futuro próximo, com base também em ações e situações que acontecem no presente. Na verdade, trata-se mais do que um profissional. É uma postura, um posicionamento de trabalho, uma conduta. Como para uma gravadora, que precisa de um coolhunter para pesquisar o que as pessoas estão ouvindo, na propaganda, é preciso saber quais os detalhes e conceito as pessoas estão mais reparando, no Jornalismo, é preciso pesquisar como as pessoas estão consumindo informações e notícias, no comércio de um supermercado, para saber como está o consumo das pessoas. Tendo alguém assim no seu time, fica mais fácil definir o que mudar, acrescentar ou retirar.

Benchmarking e a concorrência

palestra5

Pesquisa das melhores estratégias, posicionamentos e práticas, examinação e detalhamento de outra empresa ou mesma indústria, avaliação das melhores ideias com o objetivo de evoluir sua performance ou fazer uma comparação com seu trabalho. O processo de benchmarking pode ir além e investigar a forma como essas empresas se divulgam ou fazem propaganda de seus produtos e suas táticas de marketing. A ideia não é “roubar” ideias do concorrente e, sim, aprender com os outros.

Portanto, Benchmarking não pode ser tratado como uma oportunidade de criar um “livro de estratégias que deram certo”, uma cópia, reinvenção, “modinha de gestão” ou repetição de processos. É aprendizado e moldagem do que foi pesquisado à realidade da empresa e adaptação para as ideologias e interesses do seu negócio, superando a ideia primária.

É bom não limitar essa pesquisa apenas para empresas do seu segmento, pois ficaria muito restrito. O intuito é aprender com empresas, não importa o público-alvo, serviço ou produto. É possível que uma construtora aprenda com uma fábrica de alimentos, ou de embalagens, um hotel etc. Não limite.

As suas ideias, estratégias, propostas, enfim. O seu planejamento de comunicação, assim como esses dois conceitos precisam ter como base a observação. Antes de criar ou promover um produto para o mercado, você precisa ver como as pessoas estão consumindo, como elas vivem, os seus hábitos, a sua cultura, o seu modo de viver. E ver se já tentaram seguir o caminho que você quer trilhar e aprender com os melhores. Observe e aprenda.