O consumidor brasileiro aos poucos vai modificando seus hábitos de consumo, passando a frequentar mais e-commerces do que as lojas físicas das mesmas empresas ou até os dois ambientes ao mesmo tempo. Além disso, outra ferramenta que vem chamando a atenção dos lojistas é o aplicativo para smartphones, pois ele tem sido preferido por muitas pessoas para fazer compras.

Sabendo dessa importância, a TopperMinds e a MindMiners, empresas especializadas em comportamento digital, fizeram uma pesquisa para analisar o perfil do público e a relação dessas pessoas com os aplicativos. O estudou apontou que investir nessas plataformas é uma excelente maneira de oferecer conteúdo relevante para o público-alvo da empresa, além de ser um excelente canal de relacionamento.

pesquisa relevância compras aplicativos

Análise da pesquisa

Para fazer a pesquisa, as empresas contaram com a participação de mil pessoas, sendo 500 homens e 500 mulheres. Todas tinham mais de 18 anos, pertencentes a variadas classes sociais (A, B e C) e das cinco regiões do país. O estudo intitulado de “Uso de aplicativos: pesquisa inédita revela hábitos e preferências dos brasileiros” tem como objetivo principal ver quais os apps preferidos do público e o que motiva as pessoas a fazerem os downloads.

A conclusão é que o brasileiro está disposto a pagar por apps que gerem algum benefício real, como descontos ou que facilitem a jornada de compra. Entretanto, ao que parece, as marcas ainda não aprenderam a se relacionar com seu público através dessas ferramentas.

pesquisa relevância compras aplicativos 01

Resultados da pesquisa e a relevância dos aplicativos

Dos aplicativos baixados, 90% dos downloads são feitos através do sistema Android, e a grande maioria dos entrevistados revelou que bancos e transporte estão entre os serviços preferidos. Entre os principais motivos para baixar os apps estão gratuidade (78%), auxílio nas atividades do dia a dia (83%) e recebimento de benefícios (60%).

Embora apenas 36% tenha revelado já ter pago por um aplicativo, 57% se mostrou disposto a fazer o mesmo caso receba algo realmente relevante em troca. Os principais produtos das transações feitas por aplicativos são do segmento de moda e acessórios, eletrônicos, celular e livros. Alguns consumidores chegam a comprar online mesmo quando estão dentro da loja física da mesma empresa.

E aí, amigo, você já adquiriu algum produto através de aplicativos?